04.06.2019 | 08h15


PERSEGUIDAS EM CAMINHADA

Garotas correm de tarado e pedem socorro no batalhão da PM

As garotas faziam caminhada pela MT-270 em Guiratinga, quando o homem surgiu as chamando de gostosas e mandando que elas corressem, pois ele iria as pegar.


DA REDAÇÃO

Duas adolescentes, identidade preservada, chegaram correndo ao 2º Pelotão de Polícia Militar de Guiratinga (a 327 km de Cuiabá), apavoradas e pedindo socorro, pois estavam sendo perseguidas.

A situação aconteceu no final da tarde de segunda-feira (03). As vítimas disseram que estavam fazendo caminhada na MT-270, quando um homem de camisa cinza surgiu atrás delas.

Ele chamou as garotas de gostosas, bonitinhas e afirmou que era para elas correrem, pois ele iria pegar ambas.

As vítimas passaram a correr com medo e foram perseguidas pelo assediador por um certo período, porém, conseguiram chegar na base da PM e pedir ajuda.

Uma equipe da PM fez buscas na região e localizou o assediador. Ele foi algemado e encaminhado para a Central de Flagrantes, onde foi reconhecido pelas vítimas.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem se chama Fábio Júnior Alves.

Enquanto a situação era registrada, o pai dele surgiu no local dizendo que o filho sofre de transtornos mentais, porém, conforme a PM, não soube explicar qual o tipo da doença.

O crime foi registrado como assédio sexual e importunação ofensiva ao pudor.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER