19.05.2019 | 10h30


ENQUANTO DORMIA

Garota de 15 anos denuncia ter sido estuprada pelo tio após bebedeira

A adolescente alega que foi dormir bêbada e acordou nua, com vestígios de estupro e acredita que o tio tenha cometido o crime. Ele nega.


DA REDAÇÃO

Um homem, identificado pelas iniciais J.J.S.,31 anos, foi detido pela Polícia Militar após ser acusado de estuprar uma adolescente de 15 anos, que é sobrinha da mulher dele. O caso aconteceu no sábado (18), no Bairro Três Barras, em Cuiabá.

A menina procurou a base da PM para relatar o suposto abuso. Contou aos policiais que mora com a tia e o companheiro dela há um mês.

Segundo ela, na quinta-feira passada (16), os três e mais uma amiga, estavam ingerindo bebidas alcoólicas, quando ficou bêbada, foi deitar "e pegou no sono".

A menina conta que ao acordar no dia seguinte, estava nua e com "vestígios de que foi abusada sexualmente".

Destacou aos policiais que desconfia que foi abusada pelo marido da tia, já que o mesmo constantemente oferece dinheiro para ter relação sexual, mas que ela sempre recusou a oferta.

Após o relato, os policiais se deslocaram até residência de J.J.S., onde teria ocorrido o estupro. Ao ser questionado pela PM, o homem negou o abuso.

Ele foi encaminhado, juntamente com a adolescente, para a Delegacia de Polícia Civil - Central de Flagrantes do Bairro Verdão, em Cuiabá - onde foi feito o boletim de ocorrência.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Leia mais

Menina denuncia ter sido estuprada pelo tio aos 9 anos em Várzea Grande

 

 

   

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER