18.03.2020 | 19h35


POLÍCIA / OPERAÇÃO ROTA FINAL

Gaeco flagra fiscal da Ager recebendo propina de R$ 4 mil na Rodoviária de Cuiabá

Caso foi registrado na durante a tarde desta quarta-feira (18)


DA REDAÇÃO

Um fiscal da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager), nome ainda não informado, foi preso em flagrante durante a tarde desta quarta-feira (18) no Terminal Rodoviário de Cuiabá recebendo cerca de R$ 4 mil em propina.

O Servidor foi preso por agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado).

Não há informações detalhadas sobre como os policiais chegaram ao fiscal, assim como as circunstâncias em que a prisão foi feita, já que a ação seria mais um desdobramento da Operação Rota Final, que investiga uma série de crimes envolvendo a Ager e empresários do ramo do transporte público Interestadual, que formaram o que ficou conhecido como a “máfia dos transportes”.

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), o grupo tinha por o objetivo de dificultar novas licitações no Estado e manter as mesmas empresas com a concessão do transporte público entre as cidades com novos contratos firmados, mas sem novo certame e novas concorrências.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO