07.04.2020 | 15h09


POLÍCIA / ARROMBOU PORTA

Funcionário de fazenda invade quarto e estupra faxineira de 47 anos

Após o crime o funcionário fugiu do local a pé, mas foi localizado horas depois e preso pela Polícia


DA REDACÃO

Trabalhador de fazenda que estuprou uma colega de trabalho em Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá) é preso horas depois pela Polícia Civil. O crime aconteceu na madrugada de domingo (05), na zona rural do município.

O suspeito de 31 anos foi localizado na segunda-feira (06) e autuado em flagrante pelo crime de estupro.

A vítima, de 47 anos, foi contratata para realizar serviços de limpeza. Durante a madrugada, o suspeito, que também era funcionário da fazenda, foi até o local onde a mulher dormia para reclamar que o quarto dele não havia sido arrumado por ela.

Com medo, a vítima não abriu a porta para o rapaz que gritava pela janela. Então, ele arrebendou a porta e entrou. Ele enforcou a vítima e a estuprou. Ele fugiu e a vítima conseguiu pedir por socorro. Ela apresentava escoriações no rosto, joelho e na parte interna da boca.

Ainda ao amanhecer, o suspeito foi visto pelos colegas de trabalho na cozinha da fazenda, com uma mochila nas costas. Indagado sobre o ocorrido,ele negou os fatos e saiu a pé. 

Assim que tomaram conhecimento do crime, policiais civis iniciaram as diligências, conseguindo localizar o suspeito na noite de segunda-feira (06), em uma residência no centro da cidade de Confresa. Ao ser surpreendido, o homem não ofereceu resistência e foi levado para a Delegacia de Polícia.

Depois de ser interrogado, foi autuado em flagrante por estupro. Em seguida, foi encaminhado para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, permanecendo à disposição da Justiça.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO