20.04.2019 | 15h50


FORA DE CONTROLE

Filho espanca pai e mãe com porrete de madeira e leva tiro de PM

Militares atendiam a ocorrência de violência doméstica, do agressor contra os pais dele, quando o mesmo tomou a arma de um dos policiais. O tiro, na perna, foi para evitar que ele atingisse outras pessoas.


DA REDAÇÃO

Um policial militar teve que atirar na perda de um homem de 28 anos (não identificado), após ele tomar a arma de seu colega, no momento em que ele agredia os pais, na cidade de Ipiranga do Norte (467 km de Cuiabá). O fato aconteceu na sexta-feira (19).

De acordo com informações da PM, uma guarnição foi acionada para atender um caso de violência doméstica.

Chegando ao local, a PM encontrou o agressor batenmdo no pai e na mãe com um pedaço de madeira. Ele não respeitou a ordem de parada, tentou agredir os militares e conseguiu tirar a arma de um deles.

Para evitar que ele atirasse contra alguém, um dos policias atirou na perna do agressor.

O tiro fraturou o fêmur dele. Só então, a polícia conseguiu deter o agressor, que precisou ser internado para a retirada da bala. Depois ele ficará á disposição da Justiça.

Ninguém mais ficou ferido na ação. 

Leia mais

Homem afunda rosto da mãe com socos durante jogo de bozó em Mato Grosso

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER