alexametrics
23.12.2010 | 19h17


POLÍCIA

Faroeste: advogado tem escritório metralhado em VG

 

MIDIANEWS

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso e o Tribunal de Defesa das Prerrogativas buscarão providências junto à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública ainda nesta quinta-feira (23 de dezembro), às 15 horas para a proteção de dois advogados de Cuiabá e de Várzea Grande que estão sofrendo graves ameaças, Valéria Baggio Richter e Isonildes Pio.

Conforme o vice-presidente da OAB/MT, Maurício Aude, é necessário que haja uma atuação efetiva e urgente da Sejusp diante das ameaças de morte que os profissionais têm sofrido no exercício de sua profissão. A reunião na Secretaria deve ocorrer nesta tarde com a presença do vice-presidente Maurício Aude, e de dois membros do Tribunal de Defesa das Prerrogativas da OAB/MT, Marco Aurélio Monteiro Araújo e o vice-presidente Luis da Penha.

Um dos casos é da advogada Valéria Baggio Richeter, que tem sofrido ameaças de morte nos últimos dias, depois de conseguir da Justiça uma liminar em uma das ações em que atua, cujo objeto é posse de um imóvel urbano na Comarca de Várzea Grande. A outra situação foi a do advogado Isonildes Pio da Silva, que teve seu escritório alvejado por tiros na madrugada desta quinta-feira. Os boletins de ocorrência foram registrados e os crimes já estão sendo investigados pela Polícia Civil.

Ambos advogados buscaram o apoio da OAB/MT por serem essas ameaças decorrentes de sua atuação advocatícia e ferirem gravemente as suas prerrogativas profissionais. Conforme Maurício Aude, todos os fatos serão levados ao conhecimento do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado, para que sejam tomadas as providências urgentes que o caso requer.

"Não podemos mais permitir que esta sorte de ameaças contra advogados, no exercício da profissão, continue ocorrendo em nosso Estado. As ameaças atentam não somente contra a liberdade profissional, mas também, em sentido amplo, contra a sociedade, que é assistida pelos advogados", disse.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime