01.07.2020 | 11h20


POLÍCIA / MANÍACO DA BICICLETA

Estuprador ameaça violentar criança de 3 anos para mãe não resistir

Polícia conseguiu identificar o criminoso por imagens de câmeras de segurança de casas vizinhas e ele foi preso no mesmo dia em Água Boa


DA REDAÇÃO

Um homem de 48 anos, nome não revelado, conhecido como “estuprador da bicicleta”, foi preso no início da tarde da última segunda-feira (29) tentando se esconder dentro do banheiro da casa da família, no bairro Primavera, em Água Boa (737 km da Capital).

O homem é acusado por vários crimes de estupro consumado e tentado no município, além de outros delitos como invasão de domicílio, roubos e furtos.

De acordo com a ocorrência, uma mulher de 26 anos, nome não divulgado, comunicou à Polícia Militar (PM) que sua casa foi invadida pelo acusado na madrugada da segunda-feira (29), quando ele exigiu que e a vítima ficasse nua e, caso não obedecesse, o estuprador ameaçou ‘abusar’ da filha da jovem, de apenas três anos de idade.

Sem opção e para salvar a criança, a mulher ficou nua e foi estuprada na sala da residência. Em seguida, o acusado fugiu.

A mulher apenas soube relatar que o acusado trajava uma bermuda branca e cobria o rosto para não ser identificado.

Durante as investigações, os investigadores da Polícia Civil identificaram que haviam câmeras de segurança em casas vizinhas e pelas gravações foi possível identificar o bandido.

Já com a identidade do estuprador, o serviço de inteligência da polícia descobriu que o acusado morava com a família no bairro Primavera, para onde a guarnição se encaminhou, porém, na primeira abordagem o criminoso não foi encontrado em casa.

Uma testemunha, que se identificou como amiga da família do bandido, relatou que há poucos dias também foi estuprada pelo vizinho, mas por medo e vergonha não denunciou o crime.

Os investigadores continuaram monitorando a casa e algumas horas depois o estuprador chegou. Ao perceber a presença dos policiais, o acusado correu para o banheiro, mas foi localizado e preso em flagrante pelo crime de estupro cometido na madrugada.

Questionado sobre a bicicleta que usava para cometer os crimes, o estuprador disse que estava escondida em meio a um matagal do bairro Cristalino, onde foi encontrada e apreendida.

O acusado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi interrogado pelo delegado Gutemberg de Lucena Almeida, que representou pela conversão da prisão em flagrante pela prisão preventiva. O pedido foi acatado pelo juiz e o estuprador foi encaminhado à Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, onde está à disposição da Justiça.

Só nos últimos dias a delegacia registrou quatro boletins por invasão de domicílio com furto ou roubo, duas ocorrências de estupro consumado, além de outras de estupro tentado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO