15.07.2020 | 20h23


POLÍCIA / COMBATE À CORRUPÇÃO

Empresário é preso e R$ 500 mil em dinheiro apreendido dentro de apartamento de luxo

A.F era alvo da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Goiás e foi preso nesta quarta-feira (15), no bairro Duque de Caxias, em Cuiabá.


DA REDAÇÃO

A operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (15), pela Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor) de Mato Grosso, que prendeu o empresário A.F.P.R., presidente (CEO) da empresa mato-grossense LogLab Digital, por crime de corrupção, apreendeu uma quantia, entre reais e dólares, que somados chega ao valor de R$ 500 mil em espécie dentro de um apartamento de luxo, no bairro Duque de Caxias, em Cuiabá.

A empresa presta serviços de tecnologia da informação para diversas empresas dentro e fora do estado.

A Deccor mato-grossense agiu em apoio à Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Goiás, que tinha o empresário como alvo.

O Serviço de Inteligência da Draco teria localizado o endereço do CEO em Cuiabá e repassado para que os policiais da Deccor cumprisse o mandado expedido pela Justiça goiana.

Além da prisão, os investigadores ainda cumpriram um mandado de busca e apreensão no apartamento, onde teria sido apreendido todo esse dinheiro.

Após ter a prisão cumprida, o acusado passará por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e, em seguida, será encaminhado á Deccor. Ainda não há informações sobre quando o empresário será encaminhado à Goiás e entregue à Draco.

Maiores detalhes sobre as investigações não foram repassadas por se tratar de um processo que corre em sigilo no estado vizinho.

Os policiais gravaram um vídeo onde mostraram uma mala cheia de reais e ainda dólares em cima de uma mesa que continha uma máquina de contar dinheiro para que o valor fosse contabilizado.

 

"Trabalho da Draco junto com a Deccor aqui de Cuiabá, uma apreensão de R$ 500 mil", relatou o agente expondo a bolsa recheada de dinheiro.

Veja o vídeo











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO