26.07.2010 | 16h02


POLÍCIA

Eliene Jr. está com infecção hospitalar e problema cardíaco



Eliene Lima Júnior, 15, filho do deputado federal Eliene Lima (PP), apresenta um quadro de infecção hospitalar e problemas cardíacos. O adolescente passaria por cirurgia na coluna no último sábado (24), em função da falta de sensibilidade nas pernas, porém o procedimento foi adiado diante da constatação médica de ruptura de 15 centímetros artéria aorta - responsável por levar sangue oxigenado a todo o corpo.

Segundo boletim médico divulgado nesta segunda-feira (26), o rompimento na artéria foi causado pelo impacto do atropelamento que o adolescente sofreu na noite do dia 7 de julho, na rodovia Emanuel Pinheiro, estrada que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães.

A ruptura da artéria foi descoberta após constantes oscilações na pressão arterial de Eliene Júnior, um quadro clínico que denota presença de hemorragia interna. O jovem passou, no domingo (25), por uma cirurgia que estancou, provisoriamente, a região.

Um especialista em cirurgias cardíacas virá de São Paulo para operar o adolescente. A infecção hospitalar, informou ainda a assessoria do parlamentar, é "normal" para pacientes internados há vários dias e que fizeram uso de respiração mecânica.

A equipe médica do hospital explicou à família que a insensibilidade nas pernas de Eliene Filho pode ser em decorrência da deficiência na circulação do sangue, causada pelo "trincamento" da artéria. Os médicos explicaram ainda que, quando não há circulação sanguínea adequada, as pernas ficam prejudicadas e apresentam insensibilidade.

"Há 50% de chances do meu filho voltar a andar e 50% de ele ficar paraplégico. Esse quadro só será definido após a cirurgia na aorta e na coluna", disse o deputado Eliene Lima, por meio de sua assessoria. 

Após a cirurgia cardíaca, os médicos irão realizar ainda outra cirurgia na coluna cervical. A prioridade agora da equipe médica é pôr fim na infecção hospitalar, com o uso de antibióticos.

Histórico

Eliene Filho foi transferido no último sábado da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Rosa para a mesma ala do Hospital Jardim Cuiabá. A mudança de hospital foi em decorrência da escolha do melhor profissional em cirurgia de coluna, que só atende no Jardim Cuiabá, informou a assessoria de Eliene Lima.

O filho do deputado se acidentou no dia 7 de julho, no km 28 da MT-251, quando tentava atravessar a avenida para pegar uma carona com amigos, que o levariam a Expoagro, em Cuiabá. Desatento, o jovem atravessou a rodovia e não teria visto um veículo.

Na ocasião, Eliene Lima Júnior teve as duas pernas fraturadas, luxação no ombro e um edema cerebral. No dia 22 de julho, o adolescente passou por uma cirurgia de traqueostomia, procedimento realizado para criar um orifício artificial na traquéia, muito indicado após um longo período de intubação, caso de Eline Júnior.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO