09.12.2019 | 10h52


AVALIADA R$ 364 MIL

Dono de mercado é acusado de mandar roubar 30 toneladas de carne Friboi em VG; veja vídeo

Duas pessoas foram presas no momento em que descarregava um caminhão roubado. Já os donos do mercado estão foragidos.


DA REDAÇÃO

Francisco das Chagas Neto, de 48 anos, e Juilson Rodrigues de Moraes Filho, de 32 anos, foram presos em flagrante enquanto descarregavam um caminhão de carne roubado, na noite de domingo (8), no Distrito Pai André, em Várzea Grande.

De acordo o boletim de ocorrência, um caminhão Scania e uma carreta baú com câmera fria foram levados, por volta das 23h. Os veículos estavam carregados com 30 toneladas de carne avaliadas em R$ 364 mil.

A Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia sobre o paradeiro dos veículos e encontrou Francisco e Juilson descarregando a mercadoria e colocando em um Fiat Fiorino. A dupla tentou fugir e foi perseguida pelos militares, que realizaram a prisão.

Aos policiais, os criminosos contaram que foram contratados pelo proprietário da Mercearia Nação, Genilson José Speorin, por R$ 1 mil e peças de carne, para levar a carga até a casa dele. Questionados sobre o restante das mercadorias, eles informaram que estava na casa de Genilson.

A equipe da PM se dirigiu até o local, em que encontrou diversas caixas de carne, uma mala com chinelos importados e várias caixas de cigarros contrabandeados.

Genilson e sua esposa não estavam na residência, e até o momento estão foragidos.

Segundo Francisco e Juilson, os responsáveis por sequestrar o caminhão e a carreta foram “Titim” e “Magrão”.

Os produtos roubados seriam comercializados na Mercearia Nação, localizada no bairro São Mateus.

Francisco e Juilson foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. Eles responderam por formação de quadrilha, roubo, sequestro e cárcere privado.

A Polícia Judiciária Civil investiga o caso.

Veja vídeo:

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO