alexametrics
16.10.2010 | 14h00


POLÍCIA

Deputada eleita propõe ‘desmarginalizar’ imagem do setor madeireiro

Da Redação - Thalita Araújo

Eleita deputada estadual no último dia 3 de outubro, Luciane Bezerra (PSB), de Juara, terá como uma de suas principais bandeiras no Legislativo estadual as demandas do setor madeireiro em Mato Grosso. “Quero lutar para acabar com a imagem de marginalização do setor”, diz a deputada.

Em entrevista a um programa de rádio, Bezerra alegou que não é justo o setor, que domina a economia principalmente no Norte e Noroeste do Estado, seja visto pela sociedade da maneira como é encarado hoje.

“O setor madeireiro não é o único a trazer prejuízos ambientais. A agricultura e a pecuária também trazem”, acrescenta, afirmando que a área de extração de madeira tem sofrido injustiças.

Luciane Bezerra concorda que muita gente ainda trabalha dentro da ilegalidade, mas que o cenário está mudando e a maioria das empresas madeireiras está procurando trabalhar de maneira correta, até por autopreservação.

A deputada eleita conta que foi criada em uma madeireira, pois seu pai já trabalhava na área quando ela nasceu e que, por isso, e por trabalhar no setor ainda hoje, ela tem conhecimento para levantar tal bandeira na Assembleia Legislativa.

Um dos argumentos fortes de Luciane para justificar a ilegalidade em parte do setor é a “bagunça” na legislação ambiental. “A principal dificuldade dos madeireiros hoje é que a Sema e o Ibama não falam a mesma língua”, diz, referindo-se à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente.

Luciane Bezerra é esposa do ex-prefeito de Juara Oscar Bezerra (PSB). Com 14.294 votos, a 24ª na lista de eleitos à AL, ela foi a única socialista a conseguir uma cadeira como deputada estadual. Oscar Bezerra é considerado um dos maiores madeireiros da região.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime