alexametrics
25.08.2010 | 20h08


POLÍCIA

Decretada a prisão de policial suspeito de matar grávida



A justiça decretou a prisão do policial militar Claudenir de Souza Sales. Ele é acusado pela polícia de ser o autor do assassinato da jovem Ana Cristina Wommer (24). Claudenir está preso administrativamente pelo comando da Polícia Militar.

O corpo da mulher, que estava grávida oito meses, foi encontrado ontem em um matagal próximo da BR-364, na saída de Cuiabá para Rondonópolis. O policial que pertence à Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) era amante de Ana Cristina. A mulher foi vista com vida pela última vez pela família no domingo (22) de manhã, por volta das 7h, quando ela saiu de casa para se encontrar com o policial.

O delegado da Polícia Civil que investiga o caso, Márcio Pieroni, ainda está à procura do carro utilizado pelo policial no dia do crime. As informações são que Sales estava com um automóvel Gol de cor preta. Ele mesmo disse ontem em depoimento que o veículo é do ano 2008 e que teria sido vendido na segunda-feira na Pedra (local popular de negócios de veículos) pelo valor de R$ 4 mil. Ele disse também que não sabe para quem vendeu o veículo. A polícia acredita que Sales está mentindo.

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que a jovem morreu devido a um choque hipovolêmico - perda excessiva de sangue - ocorrido durante o parto. Ela estava grávida de oito meses e o corpo da menina, que se chamaria Maria Eduarda foi encontrado sob as roupas da mãe. A criança pode ter sido expelida por um aborto provocado, situação que só poderá ser esclarecida com os laudos do IML.

No dia em que desapareceu, Ana Cristina demonstrou medo ao se encontrar com o policial. Ela mandou mensagens por telefone celular para uma amiga dizendo que estava sendo levada para um lugar estranho.

A jovem de 24 anos era amante do PM, estava grávida e exigia o compromisso dele com a futura filha. Sales, que era casado, tinha medo de ter o caso revelado à mulher e isso teria sido o motivo do crime. O motivo do crime tem semelhanças com o caso Bruno, o goleiro do Flamengo que também é acusado de envolvimento no desaparecimento da amante Elisa Samúdio











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime