18.09.2010 | 13h42


POLÍCIA

Cuiabá e Várzea Grande registram 18 execuções no mês de setembro



Da Redação

Em apenas 17 dias, o mês de setembro já contabiliza 18 homicídios na Grande Cuiabá. Ontem, dois homens foram assassinados em Várzea Grande e, outro morreu após vários dias internado no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá.

Uma das vítimas trata-se de Eduardo Jesus da Silva, 23 anos, que circulava em uma moto Twitter de cor vermelha no centro de Várzea Grande. Ele foi atingido por um tiro no pescoço disparado por um rapaz que estava na carona de outra moto.

Segundo populares, a vítima ainda conseguiu andar alguns metros pedindo ajuda. Eduardo da Silva foi alvejado próximo ao semáforo do Ginásio Fiotão e perdeu muito sangue, de acordo com o delegado Antônio Garcia, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

“Os dois caras estavam em uma moto, teria ocorrido uma perseguição e um deles atirou”, disse. A vítima morava no bairro Pirineu. Ao lado do corpo foi encontrada a Twitter. Os criminosos fugiram em seguida.

Ainda na cidade vizinha, um rapaz, que até o fim da manhã não havia sido identificado, foi assassinado a tiros em uma casa abandonada no Jardim Eldorado. O local funcionaria como ponto para usuários de drogas.

Segundo policiais, a vítima tem várias tatuagens pelo corpo, aparenta ter entre 20 e 25 anos e pele morena. Populares disseram que o autor do crime é conhecido como “Pablo”.

Em Cuiabá, Ordiley dos Santos Silva, 24 anos, morreu em decorrência de facadas que levou em várias partes do corpo. Ele estava internado no pronto-socorro municipal desde o início deste mês. O crime aconteceu no bairro Praeiro. Dos 18 homicídios, 10 foram na Capital











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO