24.01.2011 | 21h20


CRM contesta reforma do Pronto Socorro de VG

ROBERTA DE CÁSSIA   21h14
DA REDAÇÃO

O presidente do Conselho Regional de Medicina- CRM, Arlan Azedo contesta a declaração de Jorge Lafetá, superintendente da Fundação de Saúde de Várzea Grande (Fusvag), que esteja acontecendo uma reforma de fato no Pronto Socorro de Várzea Grande. "Reformar o pronto socorro de Várzea Grande é muito mais que pintar paredes e trocar o piso. A verdadeira reforma inclui trocar o gerador do PS, comprar carrinho de anestesista completo, ou comprar equipamentos e materiais que deem condições de trabalho para o s médicos e de atendimento para a população", contesta Arlan.

Jorge Lafetá afirmou que a reforma no PS de Várzea Grande está acontecendo aos poucos. "Conseguimos a aprovação do projeto junto à Vigilância Sanitária e agora estamos fazendo aos poucos. Inclusive já foi liberado recursos da Caixa Econômica Federal (CEF) para tocar a obra. Não entendo porque o CRM não trabalha conosco no sentido de nos ajudar a aprimorar a obra. Ao invés disso, pediu a interdição ética do Pronto Socorro. Lugar que passam mais de 25 mil pessoas por mês", replica o superintendente.

Segundo ele, o PS já recebeu a notificação do CRM pedindo a interdição do PS. Mas no seu entendimento não há como transferir os pacientes. "Não vamos interditar nunca. Se a Justiça vier com mandado e pedir para fechar as portas, aí sim. Não posso fechar se atendemos 800 pessoas por dia", afirmou Lafetá.

Para o presidente do CRM, o conselho jamais irá compactuar com uma situação desumana como define o PS de Várzea Grande. "Como instituição, não podemos ser coniventes. Temos que fazer cumprir a lei indo contra as conformidades para proteger o cidadão. Está na constituição federal", contesta Arlan.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO