09.07.2020 | 11h07


POLÍCIA / DESAPARECIDO HÁ 6 DIAS

Corpo é encontrado em lago com 6 perfurações e calça abaixada; veja fotos

Populares encontraram o cadáver durante a tarde dessa quarta-feira (08), em baixo de vários arbustos, após sentirem um odor muito ruim


DA REDAÇÃO

Desaparecido há seis dias, Olivércio Marino de Jesus, 46 anos, foi encontrado morto durante a tarde dessa quarta-feira (08). O corpo estava escondido em meio à vegetação, à margem de um lago do bairro Jardim Paraíso, em Cáceres (225 km da Capital).

Segundo informações preliminares, a vítima, já em estado de decomposição, tinha marcas de perfuração pelo corpo e estava com as calças abaixadas.

De acordo com a ocorrência, populares e pescadores que frequentam a região teriam sentido um cheiro ‘ruim’ muito forte no local. Começaram a procurar o que estava causando o mau cheiro e acabaram encontrando o cadáver coberto por arbustos.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e isolou a área.

Em seguida, os militares comunicaram o fato à Polícia Civil e à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros também foi chamada para fazer a remoção do corpo.

A irmã de Olivércio identificou o corpo. Segundo seu relato, o irmão saiu para pescar na sexta-feira (03) e, desde então, a família não teve mais notícias.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado, com pelo menos seis marcas de perfuração, e ainda periciaram todo o perímetro colhendo evidências que apontem as circunstâncias do crime.

Devido ao estado de decomposição não foi possível determinar, preliminarmente, se Olivércio foi esfaqueado ou executado a tiros.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia, antes de o corpo ser liberado para os procedimentos fúnebres junto à família.

Os investigadores acompanharam todo o trabalho da perícia, coletando informações preliminares, conversaram com populares e deram início à apuração dos fatos. A Politec irá emitir laudo nos próximos que dará base às investigações.

Até a publicação desta reportagem ainda não havia informações sobre as causas do crime ou de suspeitos por envolvimento no crime, registrado como homicídio doloso.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO