23.02.2020 | 10h57


POLÍCIA / CPF CANCELADO

Bandido leva tiro da PM e morre após pular em rio para escapar; corpo é encontrado


DA REDAÇÃO

Corpo de um homem foi localizado na manhã deste domingo (23), no bairro Dom Diego, em Várzea Grande. A Polícia Militar acredita que pode ser de um bandido que foi baleado após resistir ao momento da prisão, na noite de ontem, na mesma região. Policiais seguiam o rastreamento de uma moto Honda XRE 300 que havia sido furtada quando houve o confronto. Equipes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa e da Politec estão no local neste momento. Ainda não há identificação do corpo.

Na ocorrência de ontem à noite, uma denúncia foi feita pela empresa de segurança responsável pelo rastreamento da moto. Assim que a PM chegou na rua da denúncia, encontrou um homem caminhando no escuro. Ele sacou uma arma e atirou nos policias, que também revidaram os disparos.

Após a troca de tiros, o bandido correu para uma região de mata e caiu dentro de uma lagoa com um soldado da PM. O militar chegou a segurar o bandido pela perna, mas teve o ombro deslocado ao ser atingido por um chute. O bandido fugiu.

Os militares pediram reforços e a casa onde a moto estava foi cercada. No local havia dois homens e uma mulher. Um dos bandidos simulou estar armado e foi baleado na perna pelos policiais.

Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)  e encaminhado para o Pronto-Socorro de Várzea Grande.

O casal que ficou na casa foi preso em flagrante pelo crime de receptação. A moto roubada estava dentro da casa coberta por um lençol. Os policias também acharam celulares roubados.

O casal foi encaminhado para a Central de Flagrantes. O baleado continua no Pronto-Socorro.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO