25.06.2019 | 10h20


BOMBEIROS

Comandante de núcleo é afastado após denúncia de que levou mulheres para quartel

Denúncia é de que o comandante teria usado carro oficial para levar mulheres até o quartel da corporação, usado de forma indevida.


DA REDAÇÃO

O comandante do Corpo de Bombeiros em Campo Novo do Parecis (a 417 km de Cuiabá) foi afastado das funções após ser acusado de usar carros oficiais da corporação para levar mulheres até o quartel. A denúncia não foi comprovada, mas o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso anunciou o afastamento imediato.

Feita de forma anônima, a denúncia ainda apontou também o “uso inadequado” das instalações do Núcleo Bombeiro Militar.

Não foram revelados detalhes de como a situação aconteceu e nem em que data. Ele continuará afastado até o término das investigações.

Ao , a instituição afirmou, via nota que não compactua com nenhuma conduta que fira a ética do serviço público.

Leia a nota na íntegra

O Corpo de Bombeiros Militar de MT recebeu uma denúncia anônima de uso inadequado de recursos e instalações públicas por parte do comandante e militares do Núcleo Bombeiro Militar de Campo Novo do Parecis. Apesar de não existir até então, qualquer elemento que materialize a denuncia, o CBMMT por não compactuar com nenhuma conduta que fira a ética do serviço público, instaurou uma sindicância, junto à Corregedoria, para apurar o caso e avaliar as providências a serem tomadas. O militar foi afastado de suas funções a fim de preservar a investigação. Os procedimentos visam a investigação em respeito aos militares denunciados e à instituição.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER