23.07.2010 | 10h23


POLÍCIA

Catador de lixo morre em avenida em VG



O catador Cosmo Lopes de Souza, 51, morreu após ser atropelado na avenida Ulisses Pompeu, no trecho conhecido como "Curva da Morte". Conforme o boletim de acidente, ele conduzia a bicicleta que utilizava para carregar o lixo reciclável e foi atingido após atravessar uma das pistas e parar no canteiro, com aproximadamente um metro de largura.

Segundo os condutores dos veículos envolvidos, parte da bicicleta ficou na pista. Uma caminhonete S10, que seguia sentido avenida Júlio Campos, não conseguiu desviar e bateu, jogando o ciclista do outro lado da via. Ele chocou-se contra um caminhão guincho que transitava na outra mão e foi arremessado novamente ao canteiro.

No boletim, os policiais relataram que, apesar de ser bem sinalizado, o trecho onde o catador foi atropelado é muito escuro, o que dificulta a visão dos motoristas e aumenta o risco de acidentes.

Os condutores da caminhonete e do caminhão permaneceram no local para prestar os esclarecimentos à Polícia

Outra morte - Um acidente na BR-364, a cerca de 4 km do Trevo do Lagarto, vitimou o motociclista Sidnei de Almeida.

Conforme o boletim registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Sidnei conduzia a moto CG Titan, placa JZL 0121 de Várzea Grande, com destino a Jangada, e teria feito uma ultrapassagem indevida em uma curva. Ele perdeu o controle e bateu frontalmente em uma carreta, que seguia sentido contrário.

O corpo foi arremessado a alguns metros de distância. A motocicleta ficou totalmente destruída. Estilhaços ficaram por toda a parte da pista.

O motorista da carreta, Ataíde Inácio, 36, revelou que não conseguiu evitar o acidente, que ocorreu por volta das 20 horas de quarta-feira.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO