16.08.2019 | 08h00


VEJA FOTOS

Casal é flagrado vendendo Jeep Renegade por R$ 3,5 mil e acaba preso

Uma operação da Polícia Militar encontrou a dupla na frente da casa onde moram na noite de quarta-feira (14) no bairro Jardim Florianópolis, em Cuiabá.


DA REDAÇÃO

Um homem, identificado pelas iniciais G.C.B., 20 anos, e sua esposa, identificada por H.K.S.T., 19 anos, foram presos na noite de quarta-feira (14) no bairro Jardim Florianópolis, em Cuiabá, acusados por receptação e venda de carros roubados e clonados na Capital.

No flagrante foram encontrados um Jeep Renegade Sport de cor branca e um Volkswagem Gol de cor branca. De acordo com os acusados, o Jeep seria vendido a R$ 3.500 mil, por ainda não ter sido clonado. Já o Gol, por ser clonado, seria vendido por “pelo menos R$ 7.500 mil”.

Após investigações sobre crimes de carros roubados em Cuiabá, a Polícia Militar (PM) chegou ao endereço do casal, que estava na calçada em frente a casa onde moram.  Após revista na residência, um aparelho bloqueador de sinal de satélite foi encontrado e apreendido. O documento de identidade original da vítima também foi encontrado provando o uso de documentos falsos durante a primeira abordagem dos policiais.

Questionados sobre o Jeep na garagem, o homem confessou ser produto de roubo. O Gol estacionado na frente da casa também chamou a atenção dos policiais e a mulher respondeu que também foi adquirido por meio de roubo, mas já nesse caso, foi verificada a adulteração do chassi, confirmando a clonagem do veículo.

G.C.B. contou aos policiais que era responsável pela receptação, clonagem e venda dos veículos, mas que quem cometia os roubos era um comparsa identificado por “V.H.R.”, que cometia os crimes à mão armada.

A PM se deslocou até o bairro Jardim União, endereço do acusado, indicado pelo casal, mas no local estava apenas a mãe de V.H.R. Uma revista foi feita, mas nada de ilícito foi encontrado.

O casal foi preso e encaminhado à Delegacia Central de Flagrantes, onde vai responder pelos crimes de receptação, clonagem e venda de carros roubados, roubo, ameaça, formação de quadrilha. Foram apreendidos ainda o Renegade, o Gol, um aparelho celular, aparelho bloqueador de sinal, e documentos falsos que o acusado usou na primeira identificação aos militares.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER