25.05.2020 | 15h55


POLÍCIA / FÉ DEMAIS

Briga por causa de microfone em igreja termina com fiel atropelado em MT

Caso foi registrado no fim da missa de domingo (24) na Rua Maria Cecília De La Costa, no Centro de Glória D’Oeste.


DA REDAÇÃO

Um homem de 51 anos, nome não divulgado, foi atropelado propositalmente após se desentender com um ‘indivíduo’ no final de uma missa no início da noite desse domingo (24) na Rua Maria Cecília De La Costa, próximo à praça do Centro de Glória D’Oeste (312 km da Capital).

A vítima foi socorrida por testemunhas e encaminhada ao Pronto-Socorro do município, onde deu entrada com escoriações nas pernas, braço esquerdo e relatou sentir fortes dores nas costas, sendo necessário passar por exame de raio-x para verificar se houve alguma fratura.

De acordo com a ocorrência, o acusado teria chegado à igreja, já no final da missa, querendo falar no microfone, no entanto, o padre encerrou a celebração e não autorizou a fala.

Irritado, o agressor puxou assunto com a vítima e teria dito: “Já está passando da hora desse padre ir embora daqui”, e o fiel teria respondido que não deixaria o acusado estragar a missa com suas histórias.

O agressor, em seguida, teria saído correndo em direção ao seu carro e a vítima, como sabia que o acusado ‘andava’ com um facão no veículo, deixou o local a pé e foi em direção à sua casa, para evitar mal maior.

O acusado entrou em seu carro e seguiu atrás da vítima em alta velocidade. Ao encontrar o homem caminhando para casa, o agressor subiu com o carro na calçada e o atingiu pelas costas. Com o impacto ele foi arremessado contra a parede de uma loja do local.

Em seguida, o motorista saiu novamente com o carro em alta velocidade e desapareceu.

A Polícia Militar (PM) foi acionada no local, escutou os relatos das testemunhas e em seguida foi à unidade de saúde, onde colheu o depoimento da vítima.

A guarnição militar saiu em patrulhamento pela cidade em buscas pelo paradeiro do acusado, mas o mesmo não foi encontrado.

A ocorrência, registrada por crime de tentativa de homicídio doloso, quando o acusado tem a intenção de matar, foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Posto Esperidião (25 km de Glória D’Oeste), responsável por investigar o caso e buscar pelo assassino.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO