04.05.2020 | 10h32


POLÍCIA / ‘CAVALO LOUCO’

Bêbados, presidiários partem para cima de agentes prisionais e 3 ficam feridos

Para conter a ação, os servidores usaram arma não letal na penitenciária Ferrugem, em Sinop


DA REDAÇÃO

Dois presidiários foram feridos a balas de borracha e outro bateu com a cabeça no corrimão de abertura da ala durante uma reação violenta, conhecida como ‘cavalo louco’, dos detentos contra os agentes prisionais no domingo (03) na penitenciária Osvaldo Florentino Leite, “Ferrugem”, localizada na Estrada Ângela, Km 5,5, zona rural de Sinop (500 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, os presos do raio 3, principalmente da ala 5, teriam produzido bebida alcoólica artesanal, ingeriram durante à noite de sábado (02),  ficaram bêbados e causaram tumulto nas celas.

No domingo (03), ainda bêbados, os presidiários estariam desobedecendo ordens dos agentes.

Durante o procedimento de destranca, para que os presos fossem levados para o banho de sol, foi determinado que os internos tirassem os calções. Nesse momento todos os bandidos se levantaram ‘repentinamente’ e partiram para cima dos agentes ‘de surpresa’, armados com chuços (arma branca produzida artesanalmente), para tentar evitar uma reação dos servidores, que conseguiram conter os presos com arma não letal.

Dois detentos ficaram feridos ao serem atingidos com balas de borracha e o terceiro teria caído e batido a cabeça no corrimão durante o tumulto.

Os feridos foram encaminhados ao Hospital Regional para receberem cuidados médicos.

Durante varredura pelo raio, foram apreendidos vários chuços e aproximadamente 20 litros de bebida alcoólica artesanal.

Segundo nota da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), após os cuidados médicos os internos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para registro da ocorrência e realização de exame de corpo de delito.

Veja nota na íntegra

"A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) informa que neste domingo (03.04), na Penitenciária da Ferrugem em Sinop, policiais penais tiveram que realizar a contenção de presos, devido à reação destes ao confrontar a equipe de segurança. A ação resultou em três presos que ficaram feridos superficialmente e encaminhados ao atendimento médico e a apreensão de chuços e bebidas alcoólicas encontradas nas celas.

Ao assumirem o plantão deste domingo, a equipe informou que os presos da ala 5 do raio 3 estavam alterados, devido à ingestão de bebidas alcoólicas na noite anterior. Além de desacatarem os servidores, os presos não obedeceram aos comandos solicitados pela equipe de segurança. Ao saírem para o banho de sol, os presos teriam ao mesmo tempo partido para cima dos servidores, sem chance de defesa.

Os policiais penais fizeram o disparo de armas de fogo antimotim, que resultou em dois presos feridos, um que foi atingido por estilhaços no supercílio e outro nas costas. Ainda na confusão, outro reeducando esbarrou a cabeça no corrimão de abertura da ala. Os três recuperandos receberam atendimento médico e foram encaminhados à delegacia para o registro de boletim de ocorrência e a realização de exame de corpo de delito.

Durante revista geral em todo o raio, os policiais penais encontraram quatro chuços e aproximadamente 20 litros de bebida alcoólica artesanal".











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO