01.12.2010 | 15h57


POLÍCIA

Bandidos aterrorizam família no distrito da Guia; dois são presos

GAZETA

Três homens armados invadiram uma propriedade rural no Distrito de Nossa Senhora da Guia, a 12 quilômetros do centro da Capital, e depois de ameaçarem uma mulher e uma adolescente, que foram amarradas, ainda roubaram um veículo e uma motocicleta, além de diversos eletroeletrônicos e joias. A invasão aconteceu por volta das 15h30 de segunda-feira (29), quando apenas a dona de casa M.A.C., 45, e a filha A.C.C., 16, estavam em casa assistindo televisão. Elas foram surpreendidas por criminosos com as armas nas mãos invadindo a casa. As vítimas foram mantidas em um dos quartos, vigiadas por um dos ladrões, enquanto os outros 2 reviravam a casa. Uma ação rápida da Polícia, inclusive com o helicóptero, resultou na prisão de 2 deles e na recuperação de parte do material roubado. Já na delegacia, um dos acusados foi reconhecido por outro morador da região como o criminoso que o agrediu e roubou uma caminhonete, no início do ano.

Os 2 criminosos presos em uma casa no residencial Sucuri foram Luciano Pereira Pinto, 30, e Henrique Luís da Silva, 22, o "Rico", apontado como um dos mais perigosos. Ele também era procurado por outro roubo praticado ao escritório de um cemitério há alguns meses. Na época ele agiu com outros 3 cúmplices e havia sido o único que não havia sido preso.

Luciano e Henrique foram reconhecidos como os 2 homens que entraram na casa e renderam as vítimas, fazendo um verdadeiro terror psicológico ameaçando ambas de morte por várias vezes. Ambos insistiam em dizer que sabiam que na casa havia ouro e dinheiro e queriam que elas mostrassem onde estavam os produtos de valor. Depois de carregarem o veículo Fiat Strada com os objetos, amarraram as duas e deram a ordem de que só deveriam avisar a Polícia uma hora depois da saída deles. Um fugiu na moto e acabou caindo a 300 metros da casa. Como a moto afogou e ele não deve ter conseguido fazê-la funcionar, a deixou e fugiu a pé. Moradores da região teriam visto ele cruzando a rodovia com um capacete na mão.

O veículo foi achado cerca de mil metros da casa de Henrique e vários dos produtos já haviam sido jogados ao longo do caminho. O acompanhamento foi feito pelo helicóptero da PM e, por terra, 5 viaturas faziam o cerco aos criminosos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO