05.05.2020 | 14h12


POLÍCIA / CPF AINDA ATIVO

Bandido tenta fugir de flagrante, cai e tem trauma craniano; Saúde pública paga a conta

PM encontrou o bandido caído na porta da casa da vítima, no Centro de Sorriso; O vagabundo ainda vai dar despesas para o sistema de saúde, pago com dinheiro de impostos de quem ele assalta


DA REDAÇÃO

Um ladrão foi encontrado caído, com a cabeça ensanguentada, na porta de uma casa, na rua Genésio Roberto Baggio, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá). De acordo com a polícia, após o bandido invadir e tentar furtar uma residência no início da noite de segunda-feira (04), ele se machucou durante tentativa de fuga.

O acusado, ainda não identificado, já que foi encontrado inconsciente e sem documentos, foi flagrado por vizinhos no momento em que pulou o muro da casa e estava forçando a janela para invadir o local.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por volta das 19h. Quando a equipe chegou ao endereço encontrou uma aglomeração na calçada da residência em volta do acusado caído inconsciente, com ferimento na cabeça e muito ensanguentado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro ao ladrão e realizar o atendimento de primeiros socorros. Em seguida, o homem foi encaminhado ao Hospital Regional com suspeita de traumatismo craniano.

A dona da casa relatou que o homem chegou a invadir sua residência, revirou o quarto, porém, a mulher não sentiu falta de nada. Só a TV da sala que estava fora do lugar.

O homem estava com uma barra de ferro que usou para arrombar a janela da casa, uma faca e uma chave de fenda.

A ocorrência, registrada por crime de tentativa de furto e acidente em decorrência da ação criminosa, foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar o fato.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO