03.06.2020 | 18h15


POLÍCIA / EM CANA

Bandido bate carro contra viatura da PM e faz comparsa 'refém' para não ser preso

Os policiais precisaram fazer um disparo de dardo elétrico, não letal, para imobilizar o acusado.


DA REDAÇÃO

Um casal de assaltantes armados, sendo um homem de 23 anos e uma mulher de 18, foi preso durante a noite dessa terça-feira (03), quando a dupla foi flagrada no quintal de uma casa do bairro Parque Geórgia, em Cuiabá, usando máscaras da série La Casa de Papel e rendendo um morador, que estava dentro de um Fiat Pálio.

Os ladrões chamaram a atenção de uma guarnição militar que estava em patrulhamento pela região quando a viatura passou em frente à residência.

De acordo com a ocorrência, ao perceberem a viatura se aproximando, o casal roubou R$ 74 da vítima e um cordão de ouro, em seguida, entraram em um Volkswagen Gol quadrado vermelho e foragiram em alta velocidade.

Imediatamente, os policiais iniciaram perseguição, seguindo os bandidos por várias ruas do bairro. Ao chegar à Avenida Camboriú, sentido a Rodovia Palmiro Paes de Barros, quando atravessou o canteiro central e, ainda em alta velocidade, começou a trafegar na contramão, até que na entrada do bairro Cohab São Gonçalo, o bandido perdeu o controle da direção e bateu contra o muro de uma casa.

Os policiais desceram da viatura e deram ordem para que os ladrões desembarcassem do carro com as mãos na cabeça, porém, o motorista deu nova partida, engatou a ré do veículo e bateu contra a viatura. Nesse momento a PM atirou contra os pneus do Gol para dar fim à tentativa de fuga.

Na sequência, os militares viram a mulher jogando a arma na rua, que posteriormente foi apreendida e verificada, sendo constatado que se tratava de um simulacro de pistola (arma de brinquedo). No entanto, o ladrão desceu com a comparsa presa pelo pescoço dizendo que ela seria a vítima e mantida como refém.

Os policiais fizeram um disparo de spark e lançou um dardo elétrico, não letal, que atingiu o ombro do acusado, que caiu ferido no chão ainda abraçado na ‘companheira’.

Os bandidos foram algemados e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, onde foram ouvidos pelo delegado e colocados à disposição da Justiça.

O Gol usado no crime foi verificado e nada foi constatado sobre queixa de furto ou roubo. Por outro lado, o carro possui licenciamento atrasado, sendo apreendido e entregue no pátio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). 

Na unidade policial foi feita a consulta da identidade dos criminosos no banco de dados da Justiça, onde foi verificado que o homem tem três passagens criminais por roubo e uma por porte ilegal de arma de fogo.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

john Doe  04.06.20 09h24
Nossa, nenhum tiro foi dado, deveriam colocar o tenente da força tática pra andar junto com esses pms aí

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO