05.12.2019 | 19h50


FORAGIDO HÁ 1 ANO

Assassino da Amarok se entrega à polícia e deixa presídio pela 'porta da frente'

Por decisão da Justiça, Maruan Ahmed vai cumprir apenas medidas cautelares. Ele é acusado de matar Fábio Batista por motivo fútil.


DA REDAÇÃO

Maruan Fernandes Haidar Ahmed, 19 anos, acusado pelo assassinato de Fábio Batista da Silva, 41, numa conveniência do bairro Vila Aurora, no município de Rondonópolis (a 212 km da Capital), se apresentou à Polícia Civil do município nessa terça-feira (03) e foi encaminhado à Penitenciária da Mata Grande para instalação da tornozeleira eletrônica.

O acusado estava foragido da Justiça há um ano e 17 dias, mas decidiu se entregar após seus advogados conseguirem que a Justiça retirasse o mandado de prisão contra ele no último dia 27 de novembro.

A decisão de livrar Maruan da cadeia, momentaneamente, é da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso que reconheceu o pedido dos advogados, que se basearam em laudos periciais, onde apontam que as digitais em uma garrafa de água e no volante da caminhonete não coincidem com as de Maruan.

Porém, ficou decretado que o acusado terá que cumprir medidas cautelares como entregar o passaporte à Justiça, usar tornozeleira eletrônica, se recolher em casa no período noturno, não manter contato com pessoas relacionadas ao processo, dentre outros.

Entenda o caso

Fábio estava na lanchonete quando Maruan parou o carro com o farol ligado. Como todos os clientes ficaram incomodados com a luz, a vítima foi até a caminhonete pedir para que o acusado desligasse o farol.

Após chamar a atenção do motorista, Fábio virou as costas para retornar à mesa, mas irritado, Maruan sacou uma arma, atirou nas costas da vítima e fugiu.

Embora nunca tenha sido efetivamente preso, Maruan já havia sido autuado outras vezes por porte ilegal de arma de fogo e por dirigir bêbado. Veja reportagem completa.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Mariângela Amorim  06.12.19 18h53
Se Não for pobre, nem preto, nem p. nem petista sai pela porta da frente!!!

Responder

0
0
pedro Kuhl  06.12.19 05h05
Família que tem dinheiro é assim ............. paga pra sair !!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

1
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO