29.04.2019 | 17h20


EM CHAPADA DOS GUIMARÃES

Artesão que estava desaparecido é encontrado morto ao lado de facão

Edmar Valdinei Rodriques Branco, 59 anos, também era conhecido como liderança do MST. O corpo estava em decomposição e a polícia apura se a morte foi por assassinato ou causa natural.


DA REDAÇÃO

O corpo do artesão Edmar Valdinei Rodriques Branco, 59 anos, foi encontrado em estado de decomposição, na Gleba Jangada do Roncador, área rural de Chapada dos Guimarães (a  65 km de Cuiabá). Edmar era tido como uma liderança rural, militante do Movimento Sem Terra (MST)  e agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

De acordo com o Polícia Civil, o corpo foi encontrado na tarde da última quarta-feira (24), por volta das 14h, a 100 metros de uma propriedade agrícola. Os familiares tentavam contato com a vítima desde sexta-feira (19).

Um facão foi encontrado ao lado do cadáver, porém as causas da morte ainda são apuradas. Devido ao estado avançado de decomposição não foi possível confirmar, inicialmente, se havia perfuração no corpo. Ainda segundo a Polícia Civil, o local onde o corpo estava foi prejudicado devido as fortes chuvas que caíram na região.

O corpo de Edmar foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames de necropsia.

Um laudo deverá apontar se o caso se trata de um assassinato ou morte natural.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Leia também

Policial militar é preso durante operação do GCCO GOE e DERF











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER