13.02.2020 | 09h50


POLÍCIA / TUDO GRAVADO / VEJA VÍDEO

Advogado xinga jornalistas de ‘vagabundos’ após mãe derrubar poste

Vítimas acionaram a PM após agressões e ameaças no bairro Jardim Primavera, em Cuiabá


DA REDAÇÃO

O advogado de 34 anos, H.J.A.S., foi detido durante a tarde dessa terça-feira (11) quando xingou jornalistas de vagabundos. Ele fez ameaças aos profissionais e impediu o exercício da profissão quando uma equipe do programa de TV do POP tentou ajudar a mãe do acusado, que tinha acabado de bater o carro, um Chevrolet Ônix Branco, e derrubar um poste no bairro Jardim Primavera, em Cuiabá

Para comprovar as ameaças e injúrias feitas pelo advogado, os profissionais, de 33 e 37 anos, gravaram as atitudes de H.J.A.S. ao perceber a presença da imprensa no local.

De acordo com o vídeo, o advogado, ao perceber a equipe de jornalistas tentando ajudar a senhora no momento do acidente, se aproxima falando: “Vocês podem ir embora, eu não gosto de vagabundos de imprensa aqui não, vaza, vaza”.

Muito exaltado, a discussão continua, quando um repórter afirma que não tinha gravado a placa do carro ou a mãe dele e mesmo assim o acusado continua os xingamentos e tentando expulsar os jornalistas.

A atitude de H.J. era tão agressiva que chegou a assustar as pessoas que estavam no local. O jornalista pediu para ele ter calma, momento que o advogado continua: “Eu não vou agredir bosta não”.

Em determinado momento o advogado vai para cima de uma das vítimas e diz: ”Eu tenho profissão e defendo vagabundos iguais a vocês. O que vai dar isso aqui, fala para mim? Vai dar uma ‘materinha’ e quantos pontos de audiência? Vagabundo”.

O repórter se defende e diz que não é vagabundo, que estava tentando ajudar a senhora que tinha sofrido o acidente e que não havia filmado ela ou a placa do carro. Mas o advogado continua xingando e ameaçando: “Vagabundo, vagabundo, o que você vai fazer? O que vocês vão fazer?”.

A Polícia Militar foi acionada, escutou os relatos das vítimas e do acusado, que tentou se defender dizendo que “estava muito nervoso devido ao acidente”.

As partes envolvidas foram encaminhadas à Delegacia Central de Flagrantes, para esclarecimentos sobre os fatos e a ocorrência registrada por crimes de ameaça e injúria em desfavor do advogado H.J.

Outro lado

O tentou entrar em contato com o advogado e escutar sua versão dos fatos, mas a ligação não foi atendida ou retornada até a publicação desta reportagem. O espaço continua aberto ao acusado.

Veja o vídeo

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Fenix  14.02.20 10h54
Esse pop e seus adeptos são sensacionalistas e com certeza o rapaz ao ver sua mãe ali envolvida em um acidente, não pensou duas vezes em proteger a imagem da sua genitora. DEVEMOS LEVAR EM CONTA O PROGRAMA DESSE SUJEITO É SÓ MIMI E TEM UM UNICO OBJETIVO, MACULAR A IMAGEM DAS PESSOAS. ELES AJUDAM ALGUNS MAS POR OUTRO LADO SACANEIAM. EU NAO APRECIIO AS PALHACADAS QUE ELE E SEUS ADPTOS FAZEM. SOMENTE OS INCAUTOS PERDEM TEMPO COM ELES.

Responder

0
4
valter  13.02.20 21h28
isso é resultado do descredito que a imprensa passa no momento.... estao totalmente sem moral e credito com a sociedade.... nao concordo com o que o adv fez mas tbemmao acredito mais na imprensa

Responder

0
0
Fernando Borges  13.02.20 11h42
A OAB COMO ENTIDADE SÉRIA DEVERIA EXCLUIR ESSES MAUS PROFISSIONAIS QUE NAO TEM PERFIL NENHUM DE EXERCER COM DIGNIDADE O QUE JURARAM NA FORMATURA. VERGONHOSO ISSO. MERECE PUNIÇÃO EXEMPLAR!!!! SEM PRIVILEGIOS AFINAL ELE NAO É MELHOR QUE NINGUÉM.

Responder

16
7
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO