alexametrics
01.05.2011 | 16h14


POLÍCIA

Advogado que agrediu mulher será punido pela OAB

MAYARA MICHELS 11h28
DA REDAÇÃO

O advogado Mario Lúcio Franco Pedroso, de 40 anos, que foi preso por agressão à mulher deverá ser punido pela Ordem dos Advogados de Mato Grosso. Segundo o presidente Cláudio Stabille, ele está respondendo um processo ético disciplinar, e a OAB irá aguardar o direito de resposta dele para aplicar a punição.

"O ato de bater em uma mulher e danificar os bens dela é intolerável, não podemos aceitar. Entretanto, precisamos aguardar o direito de resposta dele, para depois aplicar uma punição. Que varia conforme os atos apurados pode ser uma advertência ou até uma pena mais grave que, a exclusão da Ordem", explicou o presidente.

Na madrugada do dia 26, o advogado agrediu a mulher, em uma lanchonete da praça central do bairro Terra Nova. Ele teria empurrado ela e depois danificado o seu veículo, um gol.

A discussão começou quando os dois começaram a fazer acertos profissionais. Eles trabalham no mesmo escritório de advocacia, em Cuiabá. A Polícia foi acionada por populares e ao chegar no local, autuaram em flagrante Mario Lúcio pela Lei Maria da Penha.
Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes, mas ao chegar ao local se deparou com a vítima registrando um Boletim de Ocorrência. Ele ficou nervoso, e ao passar perto da mulher agrediu mais uma vez com chutes. Policiais também foram agredidos fisicamente e verbalmente.

Ele foi preso por desacato a autoridade e pela Lei Maria da Penha. As informações são de que ele teria pagado fiança e liberado pela polícia.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime