20.06.2011 | 19h38


POLÍCIA

Advogado diz que Chagas foi preso motivado por questões políticas

LARISSA MALHEIROS 18h26
DA REDAÇÃO

O advogado Ulisses Rabaneda, que defende o ex-presidente da Câmara Municipal e vereador preso Francisco Chagas Abrantes, acredita que toda ação dos denunciantes é movida por jogada política. Porém deve entrar com pedido de Haber Corpus ainda nesta terça-feira (21).

" Não há provas contra meu cliente, nas gravações existem pessoas falando em nome dele, apenas isso. E ele diz em outra gravação em bom som, que não quer nenhum centavo",pontuou.

E finaliza:" Isso é jogada política, pois meu cliente estava em alta para ser candidato a prefeito de Sorriso", disse.

Após prisão dos vereadores o prefeito de Sorriso Chicão Bedin (PMDB),declarou ao ReporterMT que prefere não se manifestar sobre o caso, porém se limitou em dizer que o processo corre em segredo de justiça e é de responsabilidade do Ministério Público e do poder judiciário investigar e julgar. "Lamento o ocorrido, mas prefiro não me manifestar sobre o caso, que está em segredo de justiça e cabe ao MP e poder judiciário julgar os fatos ocorridos", afirmou.

Nesta tarde um parente do vereador Chagas Abrantes, entregou o pedido de afastamento do parlamentar que continua preso no presídio Pascoal Ramos em Cuiabá. Ele deve ficar afastado do cargo durante todo período das investigações.

Hoje pela manhã o vereador Gerson Frâncio o 'Jaburu', pediu afastamento do cargo por 60 dias. Segundo o advogado do vereador, Sebastião Monteiro , o pedido é para dar transparência para a investigação do caso.

Também é esperado para as próximas horas o pedido de afastamento da vereadora Roseane Marques que também está presa.

Entenda o caso


Os vereadores do município de Sorriso (418 KM de Cuiabá), foram presos na manhã da sexta-feira (17), pelo Grupo de Atuação Especial Contra Crime Organizado (GAECO) na Operação Decoro. Eles são acusados de cobrar propina do prefeito Chicão Bedin [PMDB] e por ameaça ao secretário de Industria, Comércio e Turismo de Sorriso, Santinho Salermo.Presa também, a empresária Filomena Abrantes, acusada de cobrar propina em troca da fidelização de mídia em sua emissora de TV.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO