20.07.2010 | 11h15


POLÍCIA

Adutora cai e mata servidor em Cuiabá



O encanador da Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap), Jeová Pedroso Fortes, 61, morreu quando uma adutora caiu sobre ele. Fortes teve morte instantânea e, além da cabeça, sofreu uma fratura na perna esquerda.

A morte aconteceu na avenida Wilson Santos, no bairro Doutor Fábio, em uma das obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) Tijucal.

Fortes era morador do bairro Verdão, em Cuiabá, e trabalhava como colaborador da empresa desde o ano 2000, quando ainda atuava na antiga Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (Sanemat).

A suspeita é que aconteceu um acidente ao manejar a adutora para ser posta em uma das valas (onde Jeová estava) abertas na avenida.

A morte aconteceu por volta das 15h30 de sábado (17), dia em que o corpo foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML). A obra tem o objetivo de implantar o sistema para levar água tratada, além do Doutor Fábio I e II, aos bairros Altos da Serra, Três Barras, Jardim Umuarama, 1º de Março, Altos da Glória e Nova Conquista.

A avenida Wilson Santos fica localizada perto das torres de energia, é uma região sem asfalto e o local onde ocorreu a morte fica localizado em uma depressão íngreme. A Polícia Civil esteve no local e isolou o ambiente.

Ainda não se sabe qual será o procedimento tomado pela Sanecap após a morte do trabalhador. Mais casos - No início de junho deste ano, José de Jesus e Edson Gonçalo também morreram devido a um acidente de trabalho. José caiu do quarto andar de um edifício no bairro Baú e Edson do sétimo andar de um prédio no Jardim Petrópolis.

Ambos em Cuiabá. José de Jesus estava em cima da laje quando passou mal. Ele tentou escorar em uma parede recém construída, de 80 centímetros, mas ela não resistiu e José caiu.

Testemunhas disseram que ele já havia chegado ao trabalho com dores no peito, porém dizendo que tinha condições de trabalhar. Edson Gonçalo também caiu de um edifício. Ele chegou a ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi ao Pronto-Socorro de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e foi encaminhado ao IML.

Outro lado - A assessoria de comunicação da Sanecap enviou uma nota à imprensa em que afirma que o ocorrido foi um acidente de trabalho. Segundo ela, a diretoria da empresa "já tomou todas as providências cabíveis que o caso requer, dando total assistência aos familiares.

A Sanecap lamenta a fatalidade ocorrida e, neste momento de dor, está solidária com os familiares e demais servidores".

A reportagem procurou o engenheiro de plantão responsável, mas ele não foi localizado para dar mais esclarecimentos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO