09.11.2010 | 12h08


POLÍCIA

Abuso e falta de educação geram caos no trânsito de Cuiabá

MIRO FERRAZ
DA REDAÇÃO

O trânsito de Cuiabá está cada vez mais caótico. Tanto por causa das deficiências viárias da cidade quanto pela falta de fiscalização e, principalmente de educação das pessoas.

Exemplos claros de desrespeito são flagrados todos os dias. Basta dar uma volta pela cidade para constatar dezenas de casos onde a lei e a vida são desrespeitadas. A foto ilustra bem isso. Justamente quem deveria dar o exemplo, é flagrado cometendo abusos no trânsito.

Mas se educação é a palavra chave para um trânsito melhor, o que o carro da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) está fazendo neste local, destinado exclusivamente para pessoas idosas? Mais além, carro oficial não é para fazer tarefas particulares, no Banco do Brasil, como estava o motorista. 

Poucos metros do Fiat Uno da Seduc uma Ford Pampa estacionada em local destinado a portadores de deficiência física. Ambos motoristas estavam fazendo operações bancárias na agência do Banco do Brasil, que fica bem ao lado.

PROPRIETÁRIO NÃO É DEFICIENTE E ESTAVA NO BANCO

No último fim de semana uma polêmica voltou a tomar conta do noticiário cuiabano. O prefeito Chico Galindo decidiu colocar radares e câmeras “dedo-duras” na cidade para tentar conter a onde de desrespeito ao trânsito. O deputado Sérgio Ricardo ameaçou ir à Justiça para conter o prefeito e a briga só está começando.

A cidade possui frota de quase 300 mil veículos e um dos trânsitos considerados mais caóticos entre as capitais. Para se ter uma idéia, morrem por ano em Cuiabá, cerca de 200 pessoas no trânsito e outras 3 mil ficam feridas. Muitas com seqüelas graves.

Segundo dados do Denatran, o Departamento Nacional de Trânsito, e da Associação Brasileira de Medicina de Transporte (Abramet), para cada morto, o trânsito deixa outros 20 com seqüelas e o custo disso para o país chega a R$ 30 bilhões por ano. Em Cuiabá, a conta é de R$100 milhões. Cerca de 70% dos atendimentos de emergência realizados pelo Pronto Socorro da cidade, são para acidentados de trânsito.

CARRO DA SEDUC, QUE DEVERIA DAR O EXEMPLO, MAS...











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO