12.10.2010 | 13h20


POLÍCIA

Absurdo: Pit Bull ataca e mata mulher de 82 anos em Rondonópolis

Ailton Lima
de Rondonópolis

Um ataque de um cão da raça Pit Bull, na manhã de domingo (10), por volta das 8h, ocorrido na rua Maranhão, no bairro Pindorama, em Rondonópolis, resultou na morte da aposentada Clara Maria Henrique Rosário, de 82 anos de idade, residente no bairro Santa Cruz.

Segundo declarações do filho da aposentada à polícia, Antônio Henrique Rosario, a mãe dele passeava pela rua Maranhão, teria se assustado com o cachorro e caído. O dono que passeava com o animal se aproximou para ajudar a idosa. Porém,  como o cachorro não estava com a coleira ‘enforcadora’ e focinheira acabou atacando a aposentada, mordendo-a no tórax, na cabeça e no rosto.

Clara Maria foi socorrida por uma unidade de resgate do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e encaminhada ao Pronto Atendimento (PA). Mas, em consequência dos ferimentos, teve uma hemorragia grave, não resistiu e morreu.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Mulher. O dono do animal deverá ser indiciado e responder por lesão corporal seguida de morte, imprudência e negligência.

Segundo informações, este seria o segundo caso de ataque de Pit Bull na cidade nos últimos dias. Na semana passada, um estudante de 10 anos de idade passeava de bicicleta quando foi atacado por uma fêmea pitbull que lhe mordeu na perna e o derrubou no chão, provocando-lhe ferimentos graves.

Nos casos de ataques de cachorros, quando o animal agressor é identificado, ele é capturado pelo Centro de Controle de Zoonoses onde fica em observação por um período de 10 dias.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO