09.10.2019 | 07h00


COMANDO DO ALENCASTRO

Wilson Santos decide se PSDB apoia Emanuel ou encara candidatura própria

O deputado estadual, Wilson Santos confirmou que a palavra final será mesmo do diretório municipal, porém ele comentou que a decisão depende da posição de lideranças estadual e federal, se o partido tem interesse em se expandir


DA REDAÇÃO

O deputado estadual Wilson Santos considera prematura qualquer decisão, neste momento, sobre possível apoio do PSDB à tentativa de reeleição do atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) e declara que o partido também pode ter candidatura própria à Prefeitura de Cuiabá.

"Defendo uma candidatura própria ou participar de uma aliança; uma grande frente com uma alternativa do atual Governo”

Santos comentou as declarações do presidente estadual da sigla tucana, Paulo Borges, de que a decisão sobre o futuro candidato emedebista estaria nas mãos dele e da segunda liderança municipal, o vereador Ricardo Saad – que é da base de Pinheiro no Parlamento da Capital. Além disso, Borges teria explicado sobre as condições do partido de que, estaria em um momento de "crise" interna, provocada por "racha" entre os demais membros.

Em contrapartida, ele afirmou que independentemente da escolha, o PSDB irá tomar a decisão em consenso com as lideranças partidárias.

“Tem uma opinião importante [diretório municipal]. É ele que dá o voto final. A federal e a nacional também terá que ser ouvida e o nosso partido tem interesse em crescer. Quem vai dar o voto final é o diretório, porém nós ainda vamos ouvir o estadual e federal”, explicou ao o parlamentar.

No processo de eleição do diretório municipal, na Câmara de Cuiabá, Santos lançou o nome do empresário Carlos Nigro, do setor hoteleiro como possível nome para disputar a cadeira do Palácio Alencastro. No entanto, segundo bastidores, a família de Nigro teria ‘vetado’ a sua indicação.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER