20.05.2020 | 09h59


PODERES / ELEIÇÕES E A PANDEMIA

Wellington vai apresentar PEC para prorrogar mandatos de prefeitos e vereadores por 2 anos

Proposta do senador mato-grossense é que eleições ocorram em 2022; presidente do Senado defende adiamento das eleições, mas sem prorrogação dos mandatos



O senador Wellington Fagundes (PL-MT) vai apresentar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para prorrogar por dois anos os mandatos de prefeitos e vereadores eleitos em 2016 e transformar o pleito de 2022 em eleições gerais. Dessa forma, seriam eleitos, ao mesmo tempo, além de prefeitos e vereadores, o presidente da República, governadores e deputados federais e estaduais.

"Fica cada vez mais clara a inviabilidade de se manter a data de outubro deste ano para as eleições municipais", destaca Wellington Fagundes

O senador mato-grossense afirma que diante da crise sanitária, econômica e política "fica cada vez mais clara a inviabilidade de se manter a data de outubro deste ano para as eleições municipais". 

Wellington Fagundes avalia que a mudança na Constituição produzirá efeitos benéficos a curto e a longo prazo.

“A curto prazo, permitindo que os recursos públicos que estão destinados à Justiça Eleitoral, R$ 4 bilhões, e ao fundo eleitoral, mais R$ 2 bilhões este ano, sejam relacionados para enfrentar a doença pela união pelos estados e pelos municípios. E a longo prazo, as dificuldades financeiras e administrativas decorrentes das frequentes suspensões de transferência de recursos aos estados e municípios, que ocorrem a cada dois anos, por vários meses antes das eleições, passariam a ocorrer em intervalos mais espaçados de quatro em quatro anos”, explicou o senador.

Por outro lado, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou a criação de uma comissão mista ou um grupo de trabalho para tratar do assunto. A proposta de Alcolumbre é adiar as eleições, mas não prorrogar os mandatos de prefeitos e vereadores. Ele não deu mais detalhes de como isso ocorreria. (Com informações da Agência Senado)











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

LuizAntonio Cabral da Costa   21.05.20 20h14
Estarei torcendo para que esta PEC seja aprovada. Precisamos que seja mesmo Eleições Gerais, pois com isso ficará menos oneroso para o País. E, isar estes Bilhões que seria destinado ao fundo eleitoral, seja usando para diminuir o déficit habitacional ou em obras de infraestrutura. Parabéns meu senador pela brilhante iniciativa.

Responder

0
0
Elaine  21.05.20 12h23
Não isso não ,pode acontecer queremos mudança de gestores chega desse povo mas 2 anos é muita tortura.

Responder

1
0
ROSINO BOMFIM  20.05.20 10h20
E a população tem que ENGOLIR ESSAS CARNIÇAS POR MAIS 2 ANOS ??

Responder

12
9
David  20.05.20 22h30
Este Wellington v Mal caráter ñ sabe o que está falando, já era para este malandro ter saido desta cadeira faz tempo, ñ faz nada em prol ao povo só quer ralar a nação.... saída daí seu malandro!

Responder

0
0
David  20.05.20 22h37
Esse Wellington já era para ter saido da política, mal carácter, isso jamais pode acontecer seu pilantra! vai fazer algo de bom para as famílias pec q ajuda chegar condições de melhorias para as famílias seu vagal, ñ ficar inventando medidas para descascar o povo...se vc fizer isso vamos pedir para justiça eleitoral impugnar, se fosse para beneficiar esse cachorro, ele teria inventado pec para as pessoas votar em casa, mas nos iremos interpor seu malandro...

Responder

2
1
Kelly  20.05.20 23h45
Pelo amor de deus!.. ACORDAAAA BRASIL!.. acorda rondononopolis!.... 🤦‍♀️

Responder

1
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO