10.07.2020 | 14h05


PODERES / PANDEMIA COVID-19

Vereador pede CPI da Central de Regulação após receber denúncias de descaso

As denúncias relatam que os médicos das policlínicas municipais não estão realizando exames para diagnosticar a gravidade da covid-19, apenas mandando paciente ficar em casa, com analgésicos, sendo avaliada a gravidade só se houver falta de ar



Vereador por Cuiabá, Luis Claudio (Progressistas) protocolou pedido de instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Central de Regulação para investigar irregularidades no atendimento a pacientes durante e pandemia do novo coronavírus, causado pelo novo coronavírus (Covid-19). O protocolo tem assinatura de nove vereadores. A matéria deve entrar em pauta na próxima sessão ordinária da Câmara Municipal de Cuiabá, marcada para terça-feira (14). Se aprovada, a CPI terá duração de 120 dias, podendo ser prorrogado. 

“A CPI da Central de Regulação tem como objetivo investigar o protocolo de atendimento, liberação e quantidade de leitos disponíveis a pacientes da covid-19, em leitos de enfermarias e UTIs no âmbito municipal de Cuiabá”, destaca Luis Claudio.

De acordo com o requerimento, denúncias relatam que os médicos das policlínicas municipais não estão realizando exames para diagnosticar a gravidade do avanço da covid-19 em cada paciente, apenas determinando que, após o resultado positivo para a contaminação do vírus, o paciente fique em isolamento em casa, sendo medicado com paracetamol e nimesulida, sendo avaliada a gravidade somente se houver dificuldade em respirar.

O vereador destaca que há relatos de pessoas que chegaram à Policlínica do Verdão já apresentando sintomas graves e não foram encaminhadas a nenhum hospital, ocasionando óbito dos pacientes.

“Desta forma, o intuito da instauração da CPI é avaliar os protocolos de atendimento que estão sendo seguidos nas policlínicas, UPAs e hospitais, para pacientes que apresentam sintomas da covid-19, sendo eles graves ou não. Bem como a disponibilidade dos leitos de UTI na capital, conforme as denúncias recebidas, como também noticiadas na mídia local”, explica o vereador Luis Claudio.

Por entender que a equipe multidisciplinar pertence à Central de Regulação, seja ela do município de Cuiabá ou do Estado de Mato Grosso, sendo responsável pelo fluxo interno de atendimento, bem como a que define as medidas a serem tomadas pelos casos suspeitos novo coronavírus, a CPI solicitará informações e dados concretos sobre o protoloco e encaminhamento utilizado no atendimento dos casos relacionados a covid-19.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO