16.07.2020 | 10h24


PODERES / PROIBIDO PELA JUSTIÇA

Vereador afirma que já parou de distribuir máscaras 'há muito tempo'

Juca do Guaraná diz que começou a doar os produtos quando estavam em falta no mercado e no início as máscaras eram todas brancas



Vereador Juca do Guaraná, que foi impedido pela Justiça de distribuir máscaras, álcool em gel e outros produtos usados durante a pandemia com a marca da empresa da família, Juca do Guaraná Transportes, afirmou que já parou “há muito tempo”.

 

O parlamentar explica que começou a distribuir as máscaras e álcool em gel quando as pessoas não tinham disponível para comprar. Enfatiza, inclusive, que no começo as máscaras eram todas brancas, sem nenhuma marca. “Infelizmente, o lado bom ninguém fala”.

Depois, foram produzidas máscaras para a empresa familiar. “Recebi doações e continuei distribuindo. Só que parei logo que percebi que poderia haver algum problema com a Justiça”.

Juca do Guaraná, que foi vítima da covid-19 e chegou a ser internado em um leito de Tratamento de Terapia Intensiva (UTI), enfatiza que a decisão do juiz não aplica multa e nenhuma outra penalidade, apenas impõe a suspensão que já havia ocorrido.

De toda forma, destaca que sua defesa vai se manifestar na ação movida pelo Ministério Público do Estado.

Leia mais

Justiça proíbe vereador de distribuir máscaras e álcool gel











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Celso  16.07.20 10h56
É se não fosse um ato politicamente oportuno parabéns tenho até medo de como vai ser as campanhas eleitorais acho que não devia nem ter

Responder

2
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO