18.07.2019 | 13h00


VEJA VÍDEO

Vereador Abílio leva tapa na cara ao filmar protesto de servidores

Servidores manifestavam contra a suspensão do Prêmio Saúde, medida que o vereador foi um dos requisitantes.


DA REDAÇÃO

O vereador de Cuiabá, Abílio Júnior (PSC) levou um tapa no rosto, de um servidor público, quando filmava o protesto da categoria, na Câmara Municipal de Cuiabá, contra o corte do Prêmio Sáude.

A situação ocorreu na terça-feira (16), mas o vídeo só passou a circular nas redes sociais nesta quinta-feira (18).

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE) suspendeu a premiação deste ano, devido à representação de vereadores da oposição do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

O parlamentar não era bem-vindo, no meio da onda, pois é um dos autores da representação externa que acarretou a perda do benefício, pago há mais de 15 anos aos servidores da Secretaria de Saúde.

Na sessão de terça-feira (16), a oposição alegou que é contra ao prêmio pago ao secretário de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho, que foi criado este ano, no valor de R$ 7 mil. O grupo garante que defende a bonificação aos servidores.

Na mesma data (16), o vereador Abílio teve que interromper e abandonar uma entrevista, ao ser vaiado por servidores da Saúde do Município, que sob gritos de protesto repetiam: “Corta a verba dele!”.  

Veja o vídeo

 

 

 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

JOSÉ EDUARDO SILVA PENHA  18.07.19 16h42
Tapinha com luva de pelica, exagero!!!!! Abilio vai acabar sendo prefeito

Responder

0
1
porrada neles  18.07.19 13h48
se fosse eu ze tinha dado era uma bofetada bem dada na cara desse palhaço cabeça de ovo aparecido gosta de estar em polemicas ele joga contra a gente que ganha pouco e pq nao devolve a sua famosa VI ainda bem que vc sera vereadorde um mandato so

Responder

7
3

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER