17.04.2020 | 13h26


PODERES / VEJA VÍDEO

Selma detona Fávaro e diz que poderosos não queriam uma juíza no Senado

Ex-senadora diz que segue comprometida com o fim da 'velha política' e com o combate à corrupção


DA REDAÇÃO

A senadora cassada, juíza aposentada Selma Arruda (Podemos), lamentou em vídeo a posse do ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), que assumiu sua vaga no Senado na manhã desta sexta-feira (17), em Brasília.

“Estou aqui lamentando muito essa situação que os mato-grossenses vivem. Hoje tomou posso pelo Senado Federal, Carlos Fávaro, que não foi eleito pelo povo e que se utilizou de muitos subterfúgios ilícitos para chegar até onde chegou. Especialmente, contando com ajuda de poderosos como é o caso de Eraí Maggi. Essas pessoas com certeza não queriam juíza Selma lá”, desabafa  em gravação.

“Fizeram de tudo para me tirar de lá e conseguiram”, continua.

A perda de mandato da juíza foi oficializada na quinta-feira (17), quando o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), publicou um ato no Diário Oficial da União. Selma foi cassada por caixa dois, em dezembro de 2019, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No vídeo, a juíza aposentada afirma que a chance de recorrer não lhe foi concedida e que não cometeu caixa dois e nem abuso de poder econômico. 

“Se eu recorresse provavelmente ele [Favaro] não conseguiria pegar essa boquinha”, dispara.

Ela finaliza dizendo que segue comprometida com o fim da "velha política" e com o combate à corrupção.

Veja o vídeo:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Maria Auxiliadora Cândida Souza  17.04.20 18h00
ARRAN...FALA O NOME DE UMPODEROSO QUE DEPOSITOU UM MILHÃO NA CONTA ANTES DE COMECAR A CAMPANHA ELEITORAL E NAO CONSEGUIU COMPROVAR A ORIGEM DO DINHEIRO??? nos poupe da cantilena, por favor!

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO