26.08.2019 | 16h25


SAÚDE DE CUIABÁ

Secretário diz que servidores desviavam remédios e insumos do PS; 6 são investigados

Segundo Luiz Antônio Possas de Carvalho, a prefeitura começou a apertar o cinto e solicitou apoio da polícia até descobrir as irregularidades.


DA REDAÇÃO

O secretário de Saúde de Cuiabá Luiz Antônio Possas de Carvalho revelou que a prefeitura exonerou e instaurou Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra seis servidores que estariam desviando medicamentos e insumos dentro do Pronto-Socorro de Cuiabá.

A unidade era alvo constante de denúncia de familiares e acompanhantes de pacientes que queixava de falta de remédios e materiais.

Segundo o secretário, a prefeitura começou a apertar o cinto e solicitou apoio da polícia até descobrir as irregularidades.

Em entrevista ao Bom dia MT, da TVCA, afiliada da TV Globo, ele comentou que em um final de semana a secretaria chegou enviar 20 mil pares de luvas para o Pronto-Socorro, sendo que na unidade utiliza nesse período cerca de três mil pares, sendo que chegou na segunda-feira não havia mais o material.

“Começamos a apertar o cerco, entrou a inteligência dentro do Pronto-Socorro e começou a descobrir de onde estava tendo os desvios e de onde tinha até um pouco de má vontade. As pessoas das farmácias satélite não iam à farmácia central buscar os medicamentos e os insumos. Esperavam que fosse entregue durante a semana no estoque regular, então tudo isso era contexto de má vontade”, disse.

Possas ainda comentou que após a descoberta dos desvios, a secretaria passou a entregar 30% dos medicamentos e insumos que precisavam no Pronto-Socorro.

“Isso acabou dentro do próprio Pronto-Socorro. As pessoas que tinham obrigação de zelar da distribuição eram as primeiras fazer o desvio, isso é trágico, isso é horrível”, disparou.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Pardal  27.08.19 13h34
Desde o ano passado 2018, que falta remédio nas farmácias do Posto Saúde do Coxipó. Sempre dizem que não tem mais, que acabou, etc.

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER