20.03.2020 | 09h43


PODERES / COMBATE AO CORONAVÍRUS

Prefeitura pode restringir comércio e transporte coletivo na Capital

Prefeito Emanuel Pinheiro orienta suspensão das sessões de cinemas e regras para restaurantes


DA REDAÇÃO

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro afirmou que mais medidas para proteger a população contra a contaminação do coronavírus serão anunciadas ainda hoje. A suspensão do transporte coletivo em Cuiabá não está descartada, uma vez que a aglomeração dentro dos coletivos é ambiente propício para a proliferação da Covid-19. A possibilidade de suspensão do transporte coletivo é estudada para a próxima semana.

 

“É necessário não se aglomerar dentro dos ônibus, porque é um ambiente muito propício à proliferação do coronavírus”, enfatizou Emanuel, lembrando que já suspendeu o passe livre dos estudantes, uma vez que as aulas serão suspendas, além da gratuidade para idosos e a tarifa social.

Prefeitura está orientando a suspensão das sessões de cinema, já determinou a suspensão das partidas de futebol. As feiras livres, que são ao ar livre, não foram suspensas ainda, mas a orientação é que evitem a aglomeração.

“É temporário, nós vamos superar. Mas é necessário a higiene pessoal, cuidar dos seus velhinhos. É necessário que a população se conscientize, se una ao Poder Público”.

Prefeito afirmou que a primeira ação é evitar a contaminação da população e a economia será discutida num segundo momento.

Mas algumas determinações também já foram feitas. Bares e restaurantes terão que funcionar com 50% da sua capacidade, mesas com um metro e meio de distância, trabalhadores com máscaras. Prefeitura dará um selo para funcionamento.

“É preciso tratar o assunto com muita responsabilidade, seriedade e serenidade também”.

Missas

Prefeito destaca a liberdade religiosa e pede conscientização dos pastores e líderes religiosos. Cita que a Arquidiocese de Cuiabá já tomou providências e espera que todos façam o mesmo. “A prefeitura está atenta e, se for o caso, em nome da saúde da população, dos fiéis e pastores, do coletivo, tomaremos medidas mais restritivas”.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO