20.04.2019 | 14h54


RECEBEU R$ 142 MIL

Prefeito manda secretário devolver dinheiro após supersalário

Pagamento recebido pelo secretário de Mobilidade Urbana é referente ao salário, 13° e valor de direito adquirido (que deveria ter sido parcelado).



O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) determinou que o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo faça a devolução imediata dos valores recebidos em apenas uma parcela dos acertos de verbas retroativas, que vinham sendo discutidas desde 2003.

Conforme divulgado pelo , na última semana, Antenor recebeu subsídio de R$ 142,3 mil no mês de março, com dois pagamentos, sendo um de R$ 106,9 mi, e outro de R$ 35,3 mil.

A Secretaria de Gestão explicou que o montante é referente ao pagamento do salário, 13° salário (o secretário faz aniversário no mês de março), além do valor de direito adquirido pelo gestor, que é auditor fiscal de carreira desde 1983. Porém, o pagamento deveria ser feito de forma parcelada.

Emanuel afirma que ao tomar conhecimento da situação determinou a devolução imediata do pagamento feito em apenas uma parcela. A partir dessa devolução, o secretário irá receber o valor de direito, mas de forma parcelada a partir do próximo mês.

“Na minha gestão, todos os servidores da Prefeitura de Cuiabá são iguais. Se o pagamento de um direito adquirido é feito de forma parcelada para todos os funcionários, um secretário, mesmo sendo servidor efetivo, tem que receber o mesmo tratamento de qualquer outro servidor. Por isso, determinei ao secretário de Mobilidade Urbana a devolução imediata do pagamento”, afirmou por meio da assessoria.

Com a determinação do prefeito, o secretário terá que devolver imediatamente, somente o valor do direito adquirido de acertos de verbas.

Outra devolução

Dois dias antes do caso de Antenor, o secretário interino de Saúde de Cuiabá Luis Antônio Possas de Carvalho, devolveu R$ 31 mil aos cofres do Município, após reconhecer um erro formal na portaria que instituiu o “prêmio saúde”.

Leia mais

Secretário da Semob recebe salário de R$ 142 mil em março

Secretário de Cuiabá que criou auxílio para ele próprio reconhece erro e devolve R$ 31 mil

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER