20.03.2020 | 08h47


PODERES / ENTREVISTA POR TELEFONE E LIVES

Prefeito Emanuel Pinheiro reforça necessidade de isolamento social

Gestor deixou de atender imprensa pessoalmente essa semana e afirma que precisa dar exemplo


DA REDAÇÃO

Prefeito Emanuel Pinheiro concedeu entrevista ao vivo, na manhã de hoje, ao programa Chamada Geral, apresentado pelo jornalista Lino Rossi, na Mega FM (95,9). Logo no início do programa, o jornalista avisou que o prefeito estava ao vivo, mas por telefone. Perguntou a Emanuel se ele estava com medo da chuva ou do coronavírus para não ter ido até o estúdio e o prefeito afirmou que a entrevista por telefone é para “dar exemplo e chamar a atenção da população da seriedade do momento que estamos vivendo”.

“É uma evolução rápida, estamos correndo contra o tempo, numa ação dia e noite para preparar a nossa cidade contra o coronavírus e conscientizar a população contra a evolução do vírus”.

Emanuel Pinheiro enfatizou que o isolamento social é a alternativa mais segura para evitar uma proliferação em escala, principalmente entre os grupos de riscos, como idosos, gestantes, cardiopatas, diabéticos, entre outros.

“Temos que ser pedagógicos, didáticos. Nas próximas semanas e meses, é necessário evitar aglomerações, grandes reuniões e se comunicar por videoconferência, por telefone, estaremos fazendo um grande serviço à sociedade, a nós mesmos, às nossas famílias, à sociedade cuiabana. Essa é mais uma forma de chamar a atenção, levar essa conscientização para cada um. Fazer sua parte é o ponta pé inicial para Cuiabá superar esse momento de instabilidade social”.

Nos últimos dias, o prefeito já cancelou as coletivas de imprensa e as informações têm sido repassadas por meio de lives pelas redes sociais.

O governo do Estado também já adotou a mesma medida e tem feito apenas coletivas on line.

No último boletim oficial divulgado pela secretária de Estado de Saúde, Cuiabá tem 28 casos suspeitos de coronavírus. Dois já foram confirmados por laboratórios particulares sendo que um deles teve a comprovação pelo laboratório Central do Estado na noite de ontem.

No Estado, são 54 casos suspeitos. Além dos dois casos confirmados em Cuiabá, Rondonópolis também confirmou um em laboratório particular.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO