13.07.2020 | 14h41


PODERES / INQUÉRITO CIVIL

MP investiga licitações vencidas por construtoras de filhos de deputado

Quatro licitações realizadas pela Prefeitura de Rondonópolis, cujo valor ultrapassa R$ 74 milhões, são alvos das investigações


DA REDAÇÃO

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) está investigando o resultado de licitações realizadas pela Prefeitura Municipal de Rondonópolis que tiveram como vencedoras duas construtoras ligadas ao deputado estadual, Nininho (PSD).

O promotor de Justiça Wagner Antonio Camilo, da  2ª Promotoria de Justiça Cível de Rondonópolis, instaurou quatro inquéritos civis, no início do mês, para apurar suposto ato de improbidade administrativa.

De acordo com a denúncia, duas construtoras, que têm como sócios dois filhos do parlamentar, ganharam numa diferença de pouco mais de seis dias licitações, cujo somatório ultrapassa R$ 72 milhões, para pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais e recapeamento de bairros da cidade.

"Conveniente investigar se pode ter ocorrido alguma espécie de fraude à licitação e/ou ao contrato com dano ao erário infração aos princípios regentes da administração pública, que possa tipificar ato de improbidade administrativa", diz trecho das portarias.

"Instaurar [...] respectivo inquérito civil para melhor investigar os fatos, os quais poderão levar à propositura de uma ação civil pública ou de responsabilidade por improbidade administrativa, ou à promoção de arquivamento dos autos", determinou o promotor.

Ele ainda pediu que a prefeitura seja notificada para enviar cópias dos processos licitatórios, bem como dos respectivos contratos administrativo, no prazo de dez dias.

A assessoria do deputado disse que ele está desligado das empresas desde 2015 e, por isso, não responde pela empresa.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Moises   13.07.20 15h27
Nininho, é igual Real Madrid, ganha todas ...!!!

Responder

1
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO