25.06.2020 | 18h53


PODERES / VEJA VÍDEO

Medeiros pede intervenção do Governo Federal na saúde de MT

O vice-líder de Bolsonaro na Câmara, José Medeiros, disse que o Governo Federal já encaminhou mais de R$ 500 milhões para MT, no entanto, nenhuma melhoria no sistema de saúde tem sido feita


DA REDAÇÃO

O vice-líder do presidente Jair Bolsonaro na Câmara Federal, José Medeiros (Podemos), pediu ao Governo Federal intervenção na Saúde Pública do Estado de Mato Grosso devido, segundo ele, a falta de organização e pela briga entre o governador Mauro Mendes (DEM) com o prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB).

Em vídeo compartilhado nas redes sociais nesta quinta-feira (25), o deputado disse que a medida é necessária para que as coisas sejam colocadas nos eixos. Medeiros cita que o Estado já recebeu quase R$ 500 milhões para aplicar em ações de combate ao coronavírus (Covid-19), no entanto, ainda faltam leitos de UTI para tratamento de pacientes contaminados pelo vírus.

"O Governo Federal enviou mais de meio bilhão para Mato Grosso. A bancada conseguiu junto ao presidente Bolsonaro R$ 61 milhões. Semana retrasada foi depositado na conta do Governo do Estado quase R$ 360 milhões. É dinheiro a rodo e fora mais outros recursos que vieram pras prefeituras, é muito dinheiro", disse.

"Não fizeram um leito de UTI a mais sequer, sabe o que fizeram? Mentiram para o Ministério da Saúde que tinha leito, o Ministério da Saúde mandou mais dinheiro por esses leitos, descobriram que são leitos fakes só pra receber dinheiro, agora o Ministério está pedindo o dinheiro de volta porque não tem leito, e as pessoas agora estão morrendo", complementou.

Ele ainda considerou fake a discussão que ocorreu entre o governador e o prefeito de Cuiabá no mês passado durante a pandemia do vírus no Estado. Medeiros comentou que os dois já foram aliados e que o partido de Emanuel compõem a base de sustentação de Mauro na Assembleia Legislativa.

"Tem uma briga fake, briga eleitoral entre o prefeito da Capital e o governador. Se a gente puxar pela memória que Emanuel era coordenador de campanha do Mauro na eleição para prefeito, quando Mauro foi candidato a prefeito. E o partido do Emanuel é base de sustentação do Mauro na Assembleia Legislativa, mas tem um processo eleitoral se avizinhando e aí está uma briga", disse.

Veja vídeo:











(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

JOAO BATISTA DE OLIVEIRA  26.06.20 15h23
Precisa ter traquejo pra falar uma asneira desta. O deputado não tem conhecimento do foi e esta sendo feito pelo governo do estado e a secretária de saúde,.Impressionante o comportamento de um deputado que pelo menos sub-entende-se que quer ver a solução para a pandemia. Ao invés de criticar um governo sério que tem demostrado através de suas ações o esforço inconteste de resolver ou pelo menos minimizar o sofrimento da população, poderia oferecer sua ajuda, sentado na mesma mesa e debater o problema que realmente é grave, mas de quem é a culpa, poderíamos colocar na conta dele e de todos os parlamentares que compõe o staf politico de Mato Grosso. Você não era assim, era mais racional deputado.

Responder

2
12
KLEBERSON FERNANDES  26.06.20 14h25
Este Medeiros ai, igual papagaio.. So Fala e nao Faz Nada.. !!!! inutil

Responder

7
4
Maria Auxiliadora Cândida Souza  26.06.20 13h09
A cara de pau desse substrato de pó de merda é "imprecionante". O governo federal não consegue lidar com os conflitos e mal feitos da família do presidente, não consegue manter eum ministro da saúde que tenha visão do todo, vai fazer o que em MT? Tenha paciência e vá procurar o que fazer e nos poupe da sua puxacao de saco!!!

Responder

6
6
eduardo  26.06.20 08h56
muito papo , governador brigando com prefeito. prefeito brigando com governador. chega de palhaçada e vão trabalhar seus inresponssaveis...

Responder

12
1
John Doe  26.06.20 08h31
Tá ficando maluco, o governo federal não tem e nunca teve estratégia alguma de combate ao covid19, vai entregar a saúde de MT pra união ? Aí que a vaca vai pro brejo com força

Responder

5
8
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO