04.11.2019 | 17h35


ELEIÇÕES 2020

Mauro crava DEM com candidatura própria em Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres

No entanto, o governador ressaltou que o partido poderá caminhar com o MDB em outras cidades do Estado.


DA REDAÇÃO

O governador Mauro Mendes disse que o DEM poderá caminhar junto com o MDB na eleição do próximo ano em alguns municípios do Estado, no entanto, ressaltou que o entendimento de seu partido é que tenha candidatura própria nas principais cidades polos como Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres.

O anúncio do governador joga um balde de água fria em alguns democratas que acreditavam que o partido pudesse apoiar uma possível reeleição do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro.

Mauro destacou que embora existam divergências com o MDB, há uma convivência harmônica com a sigla que, segundo ele, existe uma separação dos temas importantes para o Estado com eleições de 2020. E reforçou a declaração dada pela vice-presidente do MDB no Estado, deputada Janaina Riva sobre os partidos caminharem juntos no próximo pleito.

“Existem divergências naturais, que existem em qualquer âmbito de qualquer natureza com relação ao posicionamento do dia a dia, de como conduzir a coisa pública, mas é absolutamente normal isso também, e como disse a própria deputada [Janaina Riva] poderemos estar juntos em muitos municípios e vamos estar separados em outros”, disse durante coletiva no Palácio Paiaguás, nesta segunda-feira (04).

“Mas objetivamente o que eu vi o DEM definido aqui foi que teria candidatura própria em Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres”, destacou.

A cúpula do Democratas esteve reunida no Palácio Paiaguás na última semana para traçar o rumo do partido em relação ao próximo pleito, principalmente, na Capital, já que existe uma divisão entre os apoiadores de candidatura própria, liderado pelo governador, e outros para que o partido esteja no bloco de alianças de Emanuel Pinheiro.

Estão cotados como candidatos do partido o presidente do DEM em Mato Grosso, suplente de senador Fábio Garcia, e os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Gilberto Figueiredo (Saúde) e o apresentador e ex-prefeito da Capital, Roberto França.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO