14.02.2017 | 21h40


OBRAS DO PAC

Lucimar e Jayme vão a Brasília e destravam R$ 229 milhões para VG

Os recursos serão aplicados em obras de esgotamento sanitário e asfaltamento de 25 bairros da "Cidade Industrial"



A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (DEM) anunciou os avanços obtidos junto ao Ministério das Cidades para garantir obras e ações importantes. “Várzea Grande conseguiu assegurar recursos da ordem R$ 229 milhões sendo R$ 146 milhões para obras de pavimentação total de 25 bairros e outros R$ 83 milhões já assegurados no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) relativo a parte de saneamento básico”, declarou.

A audiência foi com o ministro interino das Cidades, Luciano Oliva Patrício, com o secretário nacional de Saneamento Ambiental, Alceu Segamarchi Júnior com o ex-senador e secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Jayme Campos, o secretário de Governo, César Miranda e foi acompanhada pelo deputado federal e presidente da Frente Parlamentar para Agropecuária, Nilson Leitão (PSDB).

“Consolidamos em definitivo os recursos do PAC na parte de saneamento básico que somam R$ 83 milhões e já fomos autorizados a apresentar pedido de empréstimos acompanhado dos respectivos projetos Executivos para obras de pavimentação asfáltica e drenagem em 25 bairros de Várzea Grande”, garantiu Jayme.

Jayme assegurou que a equipe de engenharia da Prefeitura irá acelerar os projetos executivos para as obras de pavimentação de 25 bairros com uma estimativa de cerca de 130 a 150 quilômetros de ruas e avenidas a serem pavimentadas.

“Já havíamos no ano passado recebido parecer favorável da Caixa Econômica Federal – CEF quanto a capacidade de endividamento de Várzea Grande e agora obtivemos sinal verde do Ministério das Cidades para entrarmos com os projetos executivos que deverão ser custeados com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS”, salienta.

A previsão é de que as obras de pavimentação superem as estimativas iniciais já que o Município pretende aplicar recursos próprios para serem somados aos federais e estaduais para ampliar este tipo de obras. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER