14.09.2019 | 08h55


INTIMIDACÃO NO BIG LAR

Imagens mostram ex-secretário se escondendo para espionar delegado

A gravação foi feita no dia 28 de março do ano passado e faz parte da denúncia do Ministério Público Estadual contra Rogers Jarbas.


DA REDAÇÃO

Novas imagens mostram o momento em que o ex-secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp) Rogers Jarbas espiona o delegado da Polícia Judiciária Civil (PJC) Flávio Stringueta.

 Na gravação, feita por câmeras de segurança do Supermercado Big Lar, na Capital, é possível ver Jarbas se escondendo atrás de uma pilastra, com o objetivo de monitorar e depois perseguir Stringueta.

O material está anexado na denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra Rogers Jarbas, assinada pelo promotor de Justiça Reinaldo Rodrigues de Oliveira Filho, na última sexta-feira (13).

Stringueta foi responsável pelo inquérito que apurava a conduta do ex-secretário, acusado de obstruir a investigação do esquema de escutas telefônicas clandestinas, instaladas e monitoradas pela polícia, no escândalo que ficou conhecido como "Grampolândia Pantaneira".

Nas fotos, Rogers Jarbas (camiseta laranja) observa Flávio Stringueta (camisa vinho), enquanto ele faz compras no estabelecimento. Em outro momento, o ex-secretário deixa de passar suas compras em dois caixas que estavam vazios para ficar no mesmo em que está o delegado da Polícia Civil. Para o MP, o fato comprava que a intenção de Rogers era intimidar o investigador.

Logo depois, o ex-secretário e o delegado discutiram no estacionamento do Big Lar, no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá. Jarbas teria ameaçado de morte Stringueta, no dia 28 de março de 2018.

 

Segundo o boletim de ocorrência registrado pelo delegado, Rogers disse que queria resolver o problema de homem para homem, olho no olho, dando a entender que queria um confronto físico.

Veja:

jarbas.jpg
jarbass.jpg

big.jpg

 

jarbasssss.jpg
jarbassssss.jpg

jarbasssssssss.jpg
jarbassss.jpg

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER