03.04.2020 | 17h55


PODERES / NOVA MEDIDA

Governador lança campanha e obriga uso de máscaras em Mato Grosso

Mauro Mendes anunciou que partir do dia 13 de abril será obrigatório o uso do equipamento nos estabelecimentos públicos e privados de Mato Grosso


DA REDAÇÃO

O governador Mauro Mendes (DEM) lançou, nesta sexta-feira (03), o programa ‘Eu cuido de você e você cuida de mim’ para incentivar a população a utilizar máscara para evitar a disseminação do coronavírus, o covid-19. 

Além disso, Mauro anunciou que partir do dia 13 de abril será obrigatório o uso do equipamento nos estabelecimentos públicos e privados de Mato Grosso. 

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, o governador comentou que no primeiro momento o objetivo do programa será incentivar as pessoas a utilizarem as máscaras para depois exigir o uso do equipamento que, segundo ele, funciona como uma barreira contra a contaminação do vírus. 

“Se o vírus é transmitido através da saliva, quando conversando com alguém, mesmo que invisivelmente, pequenas micro gotículas de saliva podem ser expelidas, nessas gotículas pode ter centenas ou milhares de vírus embutido, isso pode ser projetado em uma mesa, em uma superfície, sobe algum lugar e vem alguém desavisado coloca a mão e a partir dali começa ampliar uma cadeia de transmissão”, disse.  

Segundo o governador, a campanha também incentivará a população fabricar sua própria máscara de maneira artesanal. 

“O ministro [Luiz Henrique Mandetta] disse, a OMS [Organização Mundial da Saúde] recomendando que use a máscara, a máscara tem essa barreira natural, se ela seguramente vai ajudar muito para que essas gotículas que poderia estar saindo podem ser retidas", explicou. 

Atualmente, o Ministério da Saúde recomenda a utilização de máscaras e outros equipamentos de proteção para pessoas com sintomas do coronavírus, por pessoas doentes e profissionais de saúde.  

Na terça-feira (31), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que sua equipe prepara um protocolo com orientações para fabricação de máscaras com TNT e ampliar a orientação do uso do equipamento.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Amílcar Almeida  04.04.20 18h21
Medida bem vinda, quem dera tivesse ocorrido antes, as coisas poderiam estar bem amenizadas. Parabéns Mauro Mendes.

Responder

0
3
Carlos  03.04.20 20h01
Opinião a ser analisada por algum profissional de Saude. Eu tambem acho que essa é a saida para pandemia. Não vamos ficar esperando mascaras porque estão escassas no mercado mundial. Vamos fabricar de forma caseira. Sugiro ao governo uma redução no preço do tecido. Vamos usar essa criatividade. Na China esta todo mundo usando mascaras fabricada em suas inumeras fabricas. E la parece que não falta mascaras. Como aqui não tem fabrica e existe falta no mercado vamos priorizar os os profissionais de Saude que cuidam dos doentes dentro dos hospitais e precisam de mascaras sofisticadas.Ao sair na rua nos poderemos tomar os cuidados de distanciamentos e usar mascaras. Nos locais de trabalho tambem

Responder

11
2
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO