04.07.2017 | 11h25


5,7 MIL VAGAS

Governador diz que concurso da Educação não terá impacto na folha

O governador Pedro Taques (PSDB) pontuou que, atualmente, a Educação possui 40 mil funcionários, sendo 22 mil apenas de professores. Desse total, 16 mil estão sob contrato e serão substituídos.


DA REDAÇÃO

O governador Pedro Taques (PSDB) fez questão de enfatizar, durante o lançamento do concurso para profissionais da secretaria de Educação (Seduc), nesta terça-feira (4), que a efetivação de novos 5,7 mil servidores não trará impacto à folha de pagamento do Estado.

“Não impactará na folha neste momento, porque os professores que estão contratados serão substituídos. O impacto só acontecerá daqui três ou quatro anos, porque existem os direitos constitucionais, que precisam ser resguardados a todos os cidadãos”, explicou.

Taques pontuou que, atualmente, a Educação possui 40 mil funcionários, sendo 22 mil apenas de professores. Desse total, 16 mil estão sob contrato.

“Não impactará na folha neste momento, porque os professores que estão contratados serão substituídos. O impacto só acontecerá daqui três ou quatro anos, porque existem os direitos constitucionais, que precisam ser resguardados a todos os cidadãos”, explicou.

“Mato Grosso tem o maior número percentual de professores contratados. Precisamos dos contratados, mas não nesse número de 16 mil. Depois do concurso eles terão estabilidade, portanto, não há que se falar em impacto na folha de pagamento”, declarou.

Segundo o titular da Seduc, Marco Marrafon, o impacto financeiro só deverá ocorrer de forma residual, uma vez que o Estado não está criando vagas a mais.

“Esses novos professores chegam com o piso, que é o mesmo valor pago aos contratados. O impacto será dos direitos complementares, como férias, mas depende da data da chamada e do início efetivo de trabalho desse pessoal. Estamos fazendo esses cálculos”, apontou Marrafon.

Concurso

O Governo de Mato Grosso publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (04) o edital do concurso público para a Educação com 5,748 mil vagas. Os salários vão de R$ 1,1 mil a R$ 3,6 mil.

Ao todo são 3.324 mil vagas para professor, 928 para técnico administrativo e 1.496 mil vagas para apoio administrativo, além de 50% do total de vagas para cadastro reserva.

Para nível fundamental o salário é de R$ 1.167,12 e as vagas oferecidas são para os setores de vigilância, manutenção e limpeza.

Para o nível médio há dois cargos e salários, sendo que para atuar como apoio administrativo, o salário é de R$ 1.167,12. No setor de técnico administrativo, o salário é de R$ 1.456,11.

As vagas para nível superior são para o cargo de professor – de Português, Matemática, História, Geografia, Filosofia, Artes, Educação Física, Biologia, Física, Química, Sociologia, inglês e espanhol – e o salário é de R$ 3.640,34.

Leia mais

Governo abre mais de 5 mil vagas na Educação com salários de até R$ 3,6 mil











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Pedro Felix  04.07.17 12h35
http://livrohistoriadematogrosso.blogspot.com.br/

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO