22.10.2019 | 08h46


ESQUEMA NO CEPROMAT

Ex-deputado Dentinho é preso na mesma operação prendeu Valdir Piran; Veja nomes

Wilson Teixeira, o Dentinho, é acusado de desviar rescursos do antigo Cepromat, atual MTI, no período em que foi presidente, no governo de Silval Barbosa


DA REDAÇÃO

O ex-presidente da Câmara de Cuiabá e ex-deputado estadual, Wilson Teixeira, o Dentinho, foi um dos alvos da operação “Quadro Negro” deflagrada na manhã desta terça-feira (22).

A ação investiga desvios que teriam ocorrido no antigo Centro de Processamento de Dados do Estado (Cepromat), atual Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). Dentinho foi diretor-presidente da Cepromat durante a gestão de Silval Barbosa.

Policias cumpriram na manhã de terça seis mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão domiciliar decretados pela juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, nas cidades de Cuiabá, Brasília (DF) e Luziânia (GO).

Além de Dentinho, também foram presos o empresário Valdir Piran, o ex-diretor de gestão e tecnologia do órgão, Djalma Souza Soares, Francisvaldo Pereira de Assunção, Weydson Soares Fonteles e Edevamilton de Lima Oliveira.

Segundo a Polícia Civil, além dos mandados foi decretado o sequestro de mais de R$ 10 milhões, em valores, imóveis e veículos de luxo.

A operação foi deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), em conjunto com Comitê Interestadual de Recuperação de Ativos (CIRA), Delegacia de Capturas e Polícia Interestadual (PCPI) de Brasília e Ministério Público Estadual (MPE).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO